últimas notícias

NOTAS

Diarreia em creche. A Polícia Civil investiga a morte de uma criança de 2 anos após um surto de diarreia em uma creche particular, em Vila Velha, no Espírito Santo. O menino Theo Cipriano teve uma infecção intestinal que levou à falência dos rins e morte cerebral, no último dia 27. Theo ficou internado nove dias na UTI de um hospital particular. Nos fundos da creche há uma cervejaria, onde a perícia encontrou a bactéria Escherichia coli, que pode ter sido a causadora do surto de diarreia. Além disso, o laudo apontou que também havia coliformes totais no chafariz da creche. O Centro Educacional e cervejaria foram interditados pela secretaria municipal de Saúde e não tem previsão de voltar a funcionar. Ao menos dez pessoas também tiveram sintomas de diarreia e seguem hospitalizadas. São cinco adultos e cinco crianças, uma delas está em estado grave. A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa investiga o caso. (GSP)

Ataque no Ceará. Após dois meses de trégua, criminosos colocaram explosivos em três torres de transmissão de energia elétrica da Companhia Hidrelétrica Vale do São Francisco (Chesf) no estado entre a noite de segunda-feira e madrugada desta terça-feira. Os alvos foram duas torres de Pacatuba, na região metropolitana, e uma torre no bairro Pici, em Fortaleza.

Os explosivos foram detonados pelo esquadrão antibomba da Polícia Militar do Ceará no entorno da rodovia estadual CE 060. As explosões não causaram danos às torres. Os atentados ocorrem dois meses após o registro de mais de 300 ataques no estado. A Secretaria da Segurança Pública do Ceará investiga a volta dos ataques, tentando identificar os autores. (EC)

Tops da Gazeta