últimas notícias
Uma das figuras mais emblemáticas do rock, Serguei, ou Sérgio Augusto Bustamente, morreu na sexta
Uma das figuras mais emblemáticas do rock, Serguei, ou Sérgio Augusto Bustamente, morreu na sexta
Foto: Reprodução Facebook

Morre o cantor Serguei, aos 85 anos, no Rio de Janeiro

Uma das figuras mais emblemáticas do rock, Serguei, ou Sérgio Augusto Bustamente, nome de batismo, morreu na
sexta-feira. Ele estava internado no Hospital Zilda Arns, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada ao jornal "O Estado de S. Paulo" pela Secretaria de Saúde do Governo
do Rio de Janeiro.

O músico havia sido transferido ao Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Zilda Arns no dia 29 de maio, após uma piora na sua situação.

Ele estava internado em um hospital de Saquarema desde o início de maio, e apresentou arritimia severa e insuficiência respiratória na noite da segunda-feira, 27.

A internação ocorreu por conta de um quadro de desidratação, pneumonia e infecção urinária.

Nascido em 8 de novembro de 1933 no Rio de Janeiro, Serguei passou parte da adolescência nos Estados Unidos, e depois de alguns retornos ao Brasil, voltou à América da Norte tentar uma carreira na música.

Em 1969, esteve no festival de Woodstock, e também foi neste ano que diz ter conhecido, e mantido relações, com Janis Joplin.

Considerado o roqueiro mais antigo do Brasil, ele se mantinha em atividade com a banda Pandemonium e ainda administrava o Templo do Rock, espaço onde vivia em Saquarema (RJ), com exibição de peças de roupas, discos, prêmios, livros, cartazes, filmes e outros materiais sobre sua vida.
(EC)

Tops da Gazeta