últimas notícias
O ex-presidente egípcio Mohamed Mursi passou mal e morreu durante audiência em tribunal nesta segunda-feira
O ex-presidente egípcio Mohamed Mursi passou mal e morreu durante audiência em tribunal nesta segunda-feira
Foto: MAYA ALLERUZZO/ASSOCIATED PRESS

Ex-presidente do Egito morre em audiência

O ex-presidente egípcio Mohamed Mursi morreu nesta segunda-feira durante uma audiência em um tribunal no Cairo, informou a televisão estatal do país. Mursi, 67, teria se sentindo mal ao final da sessão. Ele começou a ficar sem ar e, pouco depois, acabou morrendo, afirmou a imprensa local. Ainda não há um anúncio oficial do que ocorreu.

De acordo com um promotor, Mursi falou ao juiz durante 20 minutos e, em seguida, desmaiou dentro da jaula colocada dentro da corte. Foi levado rapidamente ao hospital, onde morreu mais tarde. Ainda segundo este promotor, a autópsia não mostrou sinais de ferimentos recentes no corpo do ex-presidente.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, aliado do ex-mandatário egípcio, fez uma homenagem a Mursi, chamando-o de "mártir".

Primeiro presidente democraticamente eleito do Egito, ele chegou ao poder em junho de 2012, na esteira da Primavera Árabe, que derrubou o ditador Hosni Mubarak. (FP)

Tops da Gazeta