últimas notícias

Estado tem 16 acidentes de trânsito com feridos por hora

A Capital teve 20.392 casos com vítimas não fatais nos primeiros oito meses do ano; 35% das ocorrências em SP foram no fim de semana

O estado de São Paulo registrou uma média de 393 acidentes de trânsito com vítimas não fatais por dia entre janeiro e agosto deste ano. Isso significa 94,3 mil casos em vias municipais e rodovias nos primeiros oito meses do ano, segundo dados do Infosiga SP divulgados na quinta-feira. Em média, a cada 27 ocorrências com feridos, é registrada uma com vítima fatal.

A partir deste mês, o Estado divulgará também dados de acidentes com vítimas não fatais, enquanto antes o Infosiga abrangia apenas óbitos. Em agosto, 478 pessoas morreram no trânsito paulista, um aumento de 2,8% em relação ao mesmo período do ano passado. O aumento se estende especialmente entre motociclistas (170 em vez dos 137 do agosto passado) e pedestres (128 contra 121 do mesmo período de 2018). Do total das ocorrências com vítimas não fatais, 79% ocorreram em vias municipais (21% em rodovias), das quais 38%, foram de noite ou na
madrugada.

Na cidade de São Paulo, foram registrados 20.392 acidentes com vítimas não fatais de janeiro a agosto, o que significa uma média de 36 acidentes com vítimas não fatais para cada morte no trânsito. Segundo o levantamento, 35% das ocorrências foram no fim de semana e 59% durante o dia e a tarde.

Ainda sobre a Capital, 64% dos acidentes envolveram automóveis, seguido de motocicletas (54%), pedestres (16%), ônibus (7%), caminhão (4%) e bicicleta (2%). Os principais tipos de acidente são: colisão contra outro veículo (56%), atropelamento (17%) e choque contra objetos fixos (6%). O horário de pico de acidentes é na faixa das 18 horas, enquanto o menor número de registros é às 3 horas da madrugada. Os dados reúnem boletins das Polícias Civil, Militar, Rodoviária Estadual e Rodoviária Federal, além do Corpo de Bombeiros. No caso de acidentes com vítimas não fatais, o levantamento traz informações a partir de janeiro deste ano. (EC)

Tops da Gazeta