últimas notícias
O primeiro-ministro britânico e líder do Partido Conservador, 
Boris Johnson, acompanhado de seu cachorro Dilyn, após votar
O primeiro-ministro britânico e líder do Partido Conservador, Boris Johnson, acompanhado de seu cachorro Dilyn, após votar
Foto: ALBERTO PEZZALI/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Reino Unido vai às urnas para definir futuro do brexit

Mais de 45 milhões de britânicos decidiram nesta quinta-feira (12) o futuro do brexit

Sem campanhas de última hora, pesquisas eleitorais ou cobertura na TV ou no rádio, mais de 45 milhões de britânicos decidiram nesta quinta-feira (12) o futuro do brexit.

A votação ocorreu das 7h às 22h (das 4h às 19h, no horário do Brasil), e a legislação impedia a transmissão de qualquer noticiário eleitoral nesse intervalo. A restrição não cita especificamente sites noticiosos e mídia social, mas veículos deveriam evitar conteúdo que podiam ser interpretado como tentativa de influenciar o voto.

O resultado em todos os 650 distritos deve ser conhecido por volta das 6h (3h no Brasil) de hoje. O mais importante, porém, é saber se o primeiro-ministro Boris Johnson, líder do Partido Conservador, consegue ou não assegurar maioria para aprovar seu acordo do brexit. Essa resposta pode vir ao longo da madrugada - pesquisas divulgadas na quarta (11) mostravam eleição ainda indefinida, com Boris assegurando de 311 a 367 representantes (são necessários 326 para a maioria).

Tops da Gazeta