últimas notícias

Brasil

Regina Duarte durante reunião no Palácio do Planalto
Regina Duarte durante reunião no Palácio do Planalto
Foto: Isac Nóbrega/PR

Regina Duarte deixa secretaria de Cultura e assume a Cinemateca Brasileira

Atriz agradeceu a Bolsonaro pelo cargo na Cinemateca; ator Mário Frias é cotado para assumir a secretaria

Nesta quarta-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro anunciou a demissão de Regina Duarte do cargo de secretária de Cultura. De acordo com postagens nas redes sociais, a triz vai comandar a Cinemateca Brasileira, em São Paulo. Até o momento, nenhum nome foi divulgado para substituir o cargo de Duarte, mas o ator Mário Frias é cotado para assumir o cargo.

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, publicou Bolsonaro em seu Twitter.

A atriz foi comunicada de sua demissão em um café da manhã no Palácio do Planalto. Na saída, Regina Duarte e Jair Bolsonaro gravaram um vídeo justificando a saída da Secretaria de Cultura. A atriz ficou no cargo pouco mais de dois meses.

A atriz questionou se o presidente estava a “fritando”. “Olha, pessoal, eu vim aqui perguntar para o presidente se ele realmente está me fritando, que eu estou lendo na imprensa que eu não acredito mais. De qualquer forma, eu queria que ele me dissesse pessoalmente. O senhor está fritando, presidente?”, perguntou Duarte.

Ao responder, Bolsonaro afirmou que “toda semana tem um ou dois ministros que, segundo a mídia, estão sendo fritados. O objetivo é sempre desestabilizar a gente e tentar jogar o governo no chão. Não vão conseguir. Jamais eu iria fritar você”.

Regina Duarte assumiu a secretaria há pouco mais de dois meses, mas a atriz revela que assumir a Cinemateca é um “sonho de qualquer pessoa de comunicação, audiovisual, cinema e teatro”.

Ainda no vídeo, os dois justificam que a saída da secretaria é para a atriz ficar perto da família. O presidente afirma que a atriz será “mais feliz” e produzirá mais trabalhando na Cinemateca.

“Então é um presente duplo. É a Cinemateca e estar próximo da minha família que é algo que estou desejando muito”, diz Regina e abraça o presidente.

MÁRIO FRIAS.

Nesta terça-feira (19), um dia antes da demissão de Regina Duarte, o presidente compartilhou uma publicação do ator. O vídeo compartilhado por Bolsonaro é de uma entrevista de Frias à CNN Brasil, onde o ator revela torcer por Regina Duarte, mas afirma estar à disposição do presidente.

O ator defende as atitudes de Bolsonaro e diz que que ele é “preocupado com o povo” e “defende os três Poderes”.

Comentários

Tops da Gazeta