últimas notícias
O ministro da Economia, Paulo Guedes, falou sobre a prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600
O ministro da Economia, Paulo Guedes, falou sobre a prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Governo prorroga auxílio de R$ 600 por mais 2 meses

Governo vai manter o pagamento do auxílio em julho e agosto, segundo anunciou o ministro Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou na tarde desta terça-feira a prorrogação por mais dois meses do auxílio emergencial de R$ 600. De acordo com o ministro, serão pagas mais quatro parcelas, em dois meses, que somarão ao todo R$ 1,2 mil.

Segundo Guedes, o pagamento será feito da seguinte maneira: R$ 500 no início do mês; R$ 100 no fim do mês; R$ 300 no início do mês;R$ 300 no fim do mês.

O auxílio emergencial foi criado em abril, por meio de uma lei aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A previsão inicial era que o auxílio fosse pago por três meses, mas a lei deu a possibilidade de prorrogação do benefício.

O texto enviado pelo governo previa um auxílio de R$ 200, mas o texto aprovado pelos parlamentares fixou o valor em R$ 600.

Comentários

Tops da Gazeta