últimas notícias
O eleito cumprirá o período restante do mandato 2019-2020, que vai até fevereiro de 2021
O eleito cumprirá o período restante do mandato 2019-2020, que vai até fevereiro de 2021
Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Eleição do 3º secretário da Mesa Diretora é adiada

Votação estava prevista para esta segunda-feira, no entanto, foi adiada devido à morte do deputado Assis Carvalho (PT-PI)

A sessão virtual desta segunda-feira (6) que elegeria o 3º secretário da Mesa Diretora foi adiada. A decisão ocorreu após a morte do deputado Assis Carvalho (PT-PI), no Piauí. O cargo de secretário está vago desde a saída do deputado Fábio Faria (PSD-RN), que foi nomeado ministro das Comunicações.

Apenas candidatos do PSD poderão concorrer à vaga, e as candidaturas deverão ser apresentadas até às 12h desta segunda-feira, para a Secretaria-Geral da Mesa. O eleito cumprirá o período restante do mandato 2019-2020, que vai até fevereiro de 2021.

MORTE DE ASSIS CARVALHO

O deputado Assis Carvalho (PT-PI) morreu após sofrer um infarto em Oeiras, no Piauí. Carvalho, de 58 anos, estava em seu terceiro mandato na Câmara dos Deputados.

Em sua carreira, ele foi vice-líder do PT em alguns períodos e integrantes de algumas comissões especiais. Além disso, também era 4º suplente de secretário da Mesa Diretora da Casa.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), lamentou a morte do deputado. “Assis honrou o mandato concedido pelo povo do Piauí e lutou pela construção de um país mais justo. Estou certo de que a lembrança do deputado Assis permanecerá entre todos que conviveram com ele e que compartilharam a sua luta por mais solidariedade social”, escreveu em suas redes sociais.

O suplente Merlong Solano (PT-PI) ocupará a vaga deixada por Assis Carvalho.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias

Comentários

Tops da Gazeta