últimas notícias
Milton Ribeiro foi nomeado, no ano passado, para a Comissão de Ética Pública da Presidência
Milton Ribeiro foi nomeado, no ano passado, para a Comissão de Ética Pública da Presidência
Foto: Divulgação

Pastor Milton Ribeiro é escolhido para ser o novo ministro da Educação

Ribeiro é ex-vice-reitor do Mackenzie e pastor da Igreja Presbiteriana de Santos; ele é quarto nome a comandar o MEC no governo Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nomeou nesta sexta-feira (10) como novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, ex-vice-reitor do Mackenzie e pastor da Igreja Presbiteriana de Santos. Ribeiro também é militar da reserva do Exército.

Em publicação no Facebook, Bolsonaro escreveu: "Indiquei o Professor Milton Ribeiro para ser o titular do Ministério da Educação". Em seguida, publicou breve currículo sobre Ribeiro. "Doutor em Educação pela USP, mestre em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduado em Direito e Teologia. Desde maio de 2019, e membro da Comissão de Ética da Presidência da República."

A nomeação de Ribeiro foi publicada em uma edição extra do "Diário Oficial da União".

Leia mais

Ribeiro é quarto nome a comandar o MEC (Ministério da Educação) em um ano e meio do governo Bolsonaro. O último a ser nomeado foi o professor Carlos Alberto Decotelli, que pediu demissão cinco dias após o anúncio de sua nomeação.

No ano passado, Bolsonaro havia nomeado Ribeiro para integrar a Comissão de Ética Pública da Presidência, grupo responsável por apurar a conduta de integrantes da administração pública federal e de analisar possíveis conflitos de interesse no serviço público. O grupo não tem poder para punir servidores e ministro, no máximo encomenda exonerações ou aplicar sanções administrativas.

*Com informações de Estadão Conteúdo 

Comentários

Tops da Gazeta