últimas notícias
Bolsonaro foi diagnosticado com Covid-19 e postou um vídeo tomando um comprimido de cloroquina
Bolsonaro foi diagnosticado com Covid-19 e postou um vídeo tomando um comprimido de cloroquina
Foto: Reprodução Facebook

Procurador pede que TCU proíba Bolsonaro de fazer propaganda da cloroquina

Bolsonaro é um dos defensores do uso do medicamento no tratamento da Covid-19; procurador aponta que não há comprovação científica do uso do remédio

O subprocurador Lucas Rocha Furtado, do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), quer que o TCU proíba o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de fazer propagando do uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento do novo coronavírus (Covid-19). As informações são da colunista Mônica Bergamo.

Bolsonaro é um dos defensores do uso do medicamento. Recentemente, o presidente foi diagnosticado com a Covid-19 e postou um vídeo em suas redes sociais onde aparece tomando um comprimido de hidroxicloroquina e pergunta: “Eu confio, e você?”, argumenta. Na publicação, Bolsonaro ainda afirma que o tratamento para o novo coronavírus está dando certo.

Na ação apresentada, o subprocurador aponta que não há comprovação científica de que o medicamento seja de fato eficaz no tratamento à doença. Além disso, também pede que Bolsonaro repare os cofres do Estado "caso as despesas com o seu tratamento contra o novo coronavírus esteja sendo custeadas com recursos públicos".

Leia mais

Improbidade

O presidente é acusado pelo deputado Rogério Correia (PT- MG) de improbidade administrativa por promover a produção e o uso da cloroquina. O deputado pede que a Procuradoria Geral da República instaure uma investigação ou uma ação civil pública para apurar a conduta de Bolsonaro.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta