últimas notícias
Cacique Raoni Metuktire, 89 anos, líder da etnia Kayapó,  e é conhecido pela defesa dos direitos dos povos indígenas
Cacique Raoni Metuktire, 89 anos, líder da etnia Kayapó, e é conhecido pela defesa dos direitos dos povos indígenas
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Cacique Raoni é internado com coronavírus

Segundo o instituto, Raoni está internado com sintomas de pneumonia, mas está em boas condições de saúde

O cacique Raoni, líder da etnia Kayapó, foi diagnosticado com coronavírus (Covid-19), informou nesta segunda-feira (31), o instituto que leva o nome do líder indígena. Segundo o instituto, Raoni está internado em um hospital de Sinop, Mato Grosso, com sintomas de pneumonia, mas está em boas condições de saúde.

Em julho, o cacique foi internado após complicações gastrointestinais e desidratação.

"Após um mês de alta, Raoni foi novamente internado com sintomas de pneumonia. Exames realizados e sorologia confirmaram covid-19. Seu estado é bom, sem febre, respirando normalmente e sem ajuda de oxigênio. Raoni teve Covid-19, exames mostram presença de anticorpos e fora de perigo", afirmou o instituto.

Leia mais 

Ícone da luta dos indígenas brasileiros, Raoni ganhou notoriedade internacional no fim da década de 1980 e foi indicado ao prêmio Nobel da Paz em 2019. Em junho, o líder perdeu a mulher, Bekwyjkà Metuktire, e, desde então, passou a apresentar um quadro depressivo.

Comentários

Tops da Gazeta