últimas notícias
O deputado Deuzinho Filho (Republicanos-CE) é o autor do projeto
O deputado Deuzinho Filho (Republicanos-CE) é o autor do projeto
Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Proposta proíbe o uso de fogos de artifício em campanhas eleitorais

Projeto tramita na Câmara dos Deputados; autor do projeto diz que barulho incomoda pessoas e animais

O projeto de lei do deputado Deuzinho Filho (Republicanos-CE) proíbe o uso de fogos de artifício e rojões com efeito sonoro nas campanhas eleitorais. De acordo com a proposta, a proibição valerá durante o período que perdurar a pandemia de Covid-19. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

Os fogos de artifício são perigosos e invasivos, além de incomodar pessoas e animais, segundo o parlamentar. “Os fogos e rojões com efeitos sonoros causam problemas auditivos gerados pelos estampidos. Provocam estresse nas crianças, incomodam quem está dormindo e pessoas em hospitais. Podem causar ataque epilético, ataque cardíaco e desnorteamento. Além disso, o barulho causado pelos fogos de artifício é nocivo a pessoas com transtorno do espectro autista”, destaca o deputado.

Deuzinho Filho ressalta que o barulho dos fogos os deixa estressados e ansiosos. “No desespero de fugir do barulho, eles podem ficar desnorteados, agressivos e se machucarem. Podem ainda sofrer ataques cardíacos, convulsões e ter a audição prejudicada”, diz.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias

Comentários

Tops da Gazeta