últimas notícias
Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski
Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Maioria do STF vota por vacinação obrigatória contra Covid-19

Para os ministros, a medida não significa vacinação 'forçada', sem o consentimento do indivíduo

Na tarde desta quinta-feira (17), a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou a favor da vacinação obrigatória contra a Covid-19 no País. Para os ministros, a medida, contudo, não significa vacinação 'forçada', sem o consentimento do indivíduo.

A maioria dos ministros seguiu o entendimento do relator, ministro Ricardo Lewandowski, que votou a favor da aplicação de medidas restritivas por Estados e municípios contra quem se recusar a se vacinar, decorrentes de lei, em caso de inércia da União. 

Também nesta quinta, o Supremo rejeitou recurso que tinha o objetivo de desobrigar pais de vacinarem os filhos em razão de crenças pessoais.

Até a publicação desta matéria o julgamento ainda não tinha terminado.

 

Comentários

Tops da Gazeta