últimas notícias
Maguito Vilela (MDB), de 71 anos, estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein em São Paulo
Maguito Vilela (MDB), de 71 anos, estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein em São Paulo
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Morre Maguito Vilela, prefeito de Goiânia, após 3 meses internado com Covid-19

Maguito foi diagnosticado com uma infecção pulmonar na semana passada e não resistiu; quem assume a prefeitura de Goiânia é o vice-prefeito, Rogério Cruz

Morreu na madrugada desta quarta-feira (13), o prefeito licenciado de Goiânia (GO), Maguito Vilela (MDB), de 71 anos. Maguito estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro em razão de complicações decorrentes da Covid-19.
Uma infecção pulmonar foi diagnosticada na semana passada e Maguito não resistiu, de acordo informações de sua equipe de comunicação.

Com a morte de Maguito, quem assume é seu vice-prefeito, Rogério Cruz (Republicanos), que já estava à frente da prefeitura em razão do afastamento de Maguito. 

Em agosto do ano passado, Maguito Vilela perdeu duas irmãs para a Covid-19 em um intervalo de menos de dez dias.

O corpo do prefeito será levado de São Paulo para Goiás e deve ser sepultado em Jataí, sua cidade natal, a 320 km da capital.

Maguito tomou posse no dia 1º de janeiro com assinatura eletrônica na UTI (unidade de terapia intensiva) do hospital. Uma hora e meia depois, o vice-prefeito, Rogério Cruz (Republicanos), assumiu o governo interinamente e participou da transmissão do cargo. Após Maguito ter sido empossado, a equipe de transição solicitou afastamento dele para tratamento de saúde por tempo indeterminado.

Advogado e político tradicional, Maguito já foi vereador, deputado estadual e federal, vice-governador, governador e senador.

Na campanha eleitoral pela Prefeitura de Goiânia, ele precisou se afastar ainda no primeiro turno após receber o diagnóstico da Covid-19. Inicialmente, foi internado em um hospital de Goiânia com 75% de inflamação nos pulmões e, em seguida, transferido para o Einstein.

Foi a primeira vez que o emedebista disputou a Prefeitura de Goiânia. Antes de ser eleito em Goiânia,Maguito já havia governado Aparecida de Goiânia, cidade da região metropolitana da capital, entre 2009 e 2016.

No segundo turno, Vilela teve 52,60% dos votos (277.497). Ele derrotou o senador Vanderlan Cardoso (PSD), que alcançou 47,4% dos votos (250.036).


*Com informações da Folhapress

Comentários

Tops da Gazeta