últimas notícias
Marineide Gouveia é a primeira vacinada contra a Covid-19 na Paraíba
Marineide Gouveia é a primeira vacinada contra a Covid-19 na Paraíba
Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Paraíba e Sergipe iniciam vacinação contra a Covid-19

Anvisa aprovou o uso emergencial das vacinas CoronaVac e de Oxford no último domingo

Os estados de Alagoas, Bahia, Paraíba e Sergipe iniciaram a vacinação contra a Covid-19 na manhã desta terça-feira (19). O Distrito Federal também começou a aplicar o imunizante.

Em Alagoas, Marta Antônia de Lima, de 50 anos, recebeu a primeira dose da CoronaVac. Ela atua na linha de frente no combate à pandemia no Hospital da Mulher. "É um momento de muita emoção", disse ela. A aplicação ocorreu no Hospital Metropolitano, na Cidade Universitária, em Maceió.

A enfermeira Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, de 53 anos, tornou-se a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 na Bahia. Sobrinho trabalha no Hospital Couto Maia. O início da imunização foi realizado no santuário das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador, e foi acompanhado pelo governador Rui Costa.

No Distrito Federal, a primeira vacinada foi uma enfermeira do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Lídia Rodrigues Dantas, de 31 anos, trabalha há 10 meses na linha de frente do combate da Covid-19.

A imunização em Sergipe começou na manhã desta terça-feira, quando Sônia Damásio, servidora do Hospital de Urgência João Alves Filho, foi vacinada.

Na Paraíba, a primeira pessoa a receber a dose foi a enfermeira Marineide Rodrigues Gouveia Ferreira, de 60 anos, que atua há 17 anos na área e trabalha há dez meses na linha de frente da doença, no Hospital Clementino Fraga. "Todos nós, unidos, com uma causa de salvar vidas, enfrentamos a pandemia. Fui, com a equipe, tentando, na medida do possível, prestar nossa assistência. Não foi fácil. Foi muito lamentável, vendo tantas vidas ceifadas. Lembrem-se que a pandemia não acabou e que todos devem seguir rigorosamente todas as recomendações da Vigilância Sanitária", disse.

Comentários

Tops da Gazeta