X

DECISÃO

Academia Brasileira de Letras elege Godofredo de Oliveira Neto para a cadeira 35

Ele ocupará a vaga de Cândido Mendes de Almeida, falecido em fevereiro

Agência Brasil

Publicado em 09/06/2022 às 18:35

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A Academia Brasileira de Letras (ABL) realizou uma nova eleição nesta quinta-feira (9) / Reprodução / Facebook

A Academia Brasileira de Letras (ABL) elegeu nesta quinta-feira (9), com 22 votos, o escritor e professor universitário Godofredo de Oliveira Neto para ocupar a cadeira 35 do quadro de membros efetivos da instituição. Ele ocupará a vaga de Cândido Mendes de Almeida, professor, advogado, sociólogo, cientista político e ensaísta brasileiro, que faleceu no dia 17 de fevereiro deste ano.

Participaram da eleição, na sede da ABL, o palácio Petit Trianon, 34 acadêmicos de forma presencial ou por carta. A cadeira 35 teve também como ocupantes anteriores Rodrigo Octavio (fundador), Rodrigo Octavio Filho, José Honório Rodrigues e Celso Ferreira da Cunha.

Godofredo de Oliveira Neto nasceu em 22 de maio de 1951 em Blumenau (SC). Em 1976, formou-se em letras pela Universidade de Paris III, na França, onde também realizou seu mestrado em letras (1979). É doutor em letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e graduado em Relações Internacionais pelo Instituto de Altos Estudos Internacionais da Universidade de Paris II.

O novo acadêmico eleito é ainda pós-doutor em pesquisa na Georgetown University, nos Estados Unidos (2012). Atualmente, é professor do Departamento de Letras Vernáculas da UFRJ e pesquisador na área de literatura brasileira com foco em modernismo brasileiro e em literatura contemporânea.

LIVROS E CARGOS.
Oliveira Neto é autor de 21 livros, além de artigos publicados por jornais e periódicos do Brasil. Romancista e contista, teve os romances Menino oculto e Amores Exilados traduzidos para o francês como L’Enfant caché e Amours exilées, que foram lançados no 35° Salão do Livro de Paris-2015, e já estão na 4ª edição francesa.

Seu livro Ana e a margem do rio foi publicado na Bulgária e recebeu no Brasil o selo Altamente Recomendável, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

Na Universidade de Paris III – Sorbonne-Nouvelle, foi professor de Literatura e Cultura Brasileiras entre 1982 e 1984. Foi, ainda, professor visitante de Literatura Brasileira na Universidade de Veneza - Ca’ Foscari, em 2018.

Presidiu o Conselho Científico do Instituto Internacional de Língua Portuguesa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) com sede na cidade Praia, em Cabo Verde (2003-2006). É também pesquisador associado do Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PACC - UFRJ) e integra o comitê de pesquisadores da Collection Archives, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Seu Dinheiro

Veja os números sorteados no Super Sete no concurso 574, nesta quarta

O prêmio é de R$ 600.000,00

Seu Dinheiro

Veja os números sorteados na Lotomania no concurso 2651, nesta quarta

O prêmio é de R$ 1.200.000,00

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter