X

A partir de segunda-feira

Anatel autoriza 5G em mais 395 municípios brasileiros

O 5G é o padrão de tecnologia de quinta geração para redes móveis e de banda larga

Yasmin Gomes

Publicado em 18/03/2024 às 18:30

Atualizado em 18/03/2024 às 20:08

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A partir desta segunda-feira (18) a Anatel autorizou o licenciamento e ativação de estações de tecnologia 5G em mais 395 municípios / Marcelo Camargo/Agência Brasil

A partir desta segunda-feira (18) a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou o licenciamento e ativação de estações de tecnologia 5G em mais 395 municípios, em um total de 3.678 municípios. Nestas localidades, vivem cerca de 181,3 milhões de brasileiros, o que corresponde a 85% da população do País.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

O 5G é o padrão de tecnologia de quinta geração para redes móveis e de banda larga, que sucede as redes de conectividade 4G. As empresas de telefonia celular têm ativado gradualmente o 5G no País, desde julho de 2022.

A liberação da rede móvel não significa que serão instaladas de imediato nas localidades, o que dependerá do planejamento individual de cada prestadora que poderá solicitar o licenciamento e ativação de suas estações 5G standalone ou 5G puro.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A lista com os 395 municípios em que as prestadoras poderão solicitar à Anatel o licenciamento e ativação de estações de 5G na faixa de 3,5 GHz está no site da agência reguladora. 

Atualmente, são oito estados mais o Distrito Federal (AL, AP, DF, PR, RJ, RR, RS, SC e SP) com todos os municípios liberados para o 5G. A Anatel já definiu a lista dos municípios a serem liberados para ter a internet 5G nas próximas etapas e outras nove unidades da Federação completarão essa fase.

  • Em abril/2024, serão 220 municípios. Ao fim dessa etapa, todos os municípios do ES, MA e SE serão liberados para o 5G;
  • Maio/2024, 233 municípios. Ao fim dessa etapa todos os municípios de PB, RO e TO serão liberados;
  • Junho/2024, 171 municípios. Ao fim dessa etapa todos os municípios de AC, AM e GO serão liberados.

Fim da antena parabólica

Os donos de aparelhos de televisão que recebem sinal de TV aberta via antena parabólica precisam substituí-las pelas novas parabólicas digitais ou instalar um adaptador para continuar a receber as transmissões.

De acordo com o Ministério das Comunicações, em breve, as parabólicas tradicionais vão parar de funcionar, porque a tecnologia 5G, que já está sendo implementada no Brasil, utiliza a mesma faixa da radiofrequência.

Para quem tem antena do tipo espinha de peixe, antena digital interna ou TV por assinatura não há necessidade de troca da antena. O texto conta com informações da "Agência Brasil."

As famílias inscritas no CadÚnico e que possuem uma parabólica tradicional instalada e funcionando têm direito à instalação do kit gratuito com a nova parabólica digital. A antena parabólica tradicional precisa estar instalada, conectada à TV e em funcionamento.

A nova parabólica digital promete vantagens em relação à tradicional: imagem sem sombras e chuviscos; som com melhor qualidade; mais de 80 canais; programação contínua gratuita; antena de tamanho menor; nomes e números de canais passam a ser padronizados; equipamentos modernos e com mais tecnologia.

*Texto sob supervisão de Matheus Herbert 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

SUSPEITO SEGUE FORAGIDO

Saiba quem é o empresário que atirou três vezes em veículo após briga de trânsito

Polícia Civil segue na busca de Adriano Domingues da Costa, suspeito de atirar em outro veículo após uma briga de trânsito na rodovia Castello Branco

Audiências Públicas em São Paulo

Governo discutirá privatização das linhas 11,12 e 13 da CTPM

Audiências públicas para discutir privatização e ampliação das linhas da CPTM serão realizadas de 19 a 21 de junho

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter