Publicidade

X

CORONAVÍRUS NO BRASIL

Casos de coronavírus no Brasil sobem para 98, diz Ministério da Saúde

Segundo o ministério, também já há registro de transmissão sustentada do vírus em duas capitais: São Paulo e Rio de Janeiro

Luiz

Publicado em 13/03/2020 às 17:42

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O Governo do Estado de São Paulo atualizou os números da pandemia de Covid-19 / CDC/Unsplash

Um balanço do Ministério da Saúde mostra que subiu para 98 o número de casos confirmados do novo coronavírus Sars-CoV-2 no Brasil. Até esta quinta (13), eram 77 casos.

Segundo o ministério, também já há registro de transmissão sustentada do vírus em duas capitais: São Paulo e Rio de Janeiro. Os dados devem ser detalhados na tarde desta sexta-feira (13).

Com a atualização dos números, já são 13 estados com casos confirmados. O maior número ocorre em São Paulo, com 56 registros.

Em seguida, estão Rio de Janeiro (16), Paraná (6), Rio Grande do Sul (4), Goiás (3), Santa Catarina (2), Bahia (2), Minas Gerais (2), Pernambuco (2), Espírito Santo (1), Alagoas (1), Rio Grande do Norte (1) e Distrito Federal (2).

Em São Paulo, a confirmação da doença em um casal fora da capital paulista e sem contato com pacientes com exame confirmado mostra que já há transmissão sustentada do vírus, informou nesta quinta o coordenador do comitê de emergência do estado, David Uip.

Em outras regiões, autoridades já se preparam para um forte aumento nos registros nos próximos dias. Segundo o ministério, o número de casos pode ser maior, já que mais estados podem ainda atualizar registros no sistema. Só no Hospital Israelita Albert Einstein foram confirmados 98 casos (nem todos já notificados pelo ministério).

Ao menos 1.485 pacientes atendidos na rede de saúde aguardam resultado de exames. Outros 1.344 tiveram o diagnóstico descartado para a Covid-19.

O avanço do vírus em diferentes países fez a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarar que a situação já representa uma pandemia.

A mudança trouxe reflexo nos critérios adotados pelo Brasil para identificar possíveis casos da doença.

Até então, entravam na análise para o coronavírus casos de pacientes com febre e outros sintomas - como tosse e dificuldade para respirar - e histórico de viagens a países da América do Norte, Ásia e Europa, além de Austrália, Argélia e Equador.

Agora, a orientação prevê que sejam analisados todos os casos de pacientes com sintomas e histórico de viagem internacional.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

SEGURANÇA PÚBLICA

Sindicato protesta contra Derrite por exclusão da Polícia Civil de operação em SP

Presidente do sindicato dos delegados disse que decisão de Derrite de dar mais protagonismo à PM em detrimento à Polícia Civil pode 'fragilizar a estrutura policial'

Programa Jovem Aprendiz

Em busca do primeiro emprego? Empresa Raízen está com 240 vagas abertas

Interessados em se candidatar devem ter entre 16 e 21 anos; não é necessário ter experiência prévia

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter