Publicidade

X

SUCESSO NA INTERNET

Viralizada: CEO da página de sucesso Brazilian Version fala sobre projeções para 2024

A Brazilian Version no Instagram, criada e comandada pelo jovem Eualber Henrique, caiu nas graças do público e dos famosos justamente pela sua autenticidade

Natália Brito e Matheus Herbert

Publicado em 08/12/2023 às 16:14

Atualizado em 08/12/2023 às 16:17

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Eualber Henrique, CEO da Brazilian Version em entrevista à Gazeta / Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo

Uma página de entretenimento com mais de dois milhões de seguidores no Instagram passou a ser a queridinha do momento. A Brazilian Version, criada e comandada pelo jovem Eualber Henrique caiu nas graças do público e dos famosos justamente pela sua autenticidade. Em entrevista à Gazeta, Eualber revelou como foi o início de sua trajetória na internet, os primeiros vídeos que geraram engajamento, a relação com os famosos que compartilham seu conteúdo e o futuro da página que já é considerada um fenômeno.  

Leia Também

• Criador da Brazilian Version diz que sucesso da página foi impulsionado pela 'A Fazenda 12'

"O foco da página é trazer essa representatividade do povo brasileiro, mas ao mesmo tempo com o conteúdo de humor que respeite todos", pontuou Eualber Henrique. Na página do Youtube da Gazeta também é possível acessar a entrevista em vídeo com o CEO da Brazilian Version. Clique abaixo ou aqui para assistir. 

Leia a entrevista completa abaixo: 

Gazeta de São Paulo: Quando surgia a ideia de criar a página e qual era o seu objetivo com ela?

Eualber Henrique: Sou muito fã de cultura pop, fã de Lady Gaga, e comecei a brincar com meus amigos quando íamos em baladas sobre as pessoas que viamos parecerem ícones pop, e tinha um retorno positivo. Depois surgiu a ideia de levar isso para o Facebook, e foi ai que a Brazilian Version começou a crescer, porém ainda não era monetizado. Quando chegou a pandemia em 2020, decidi levar esse conteúdo para o Instagram e virou o sucesso que é hoje. 

Gazeta de São Paulo: Quando você percebeu que a página começou a repercutir? 

Eualber Henrique: Foi um processo muito rápido, nunca pensei em criar meme, conteúdo. Na página a gente tem uns quadros e um deles é o "Dance", onde eu pego o vídeo de um artista dançando e coloco outra música. E dentro desse quadro a Anitta fez uma dança e mudei a música original para o "Rei Davi", e tomou uma proporção muito grande. Uma página repostou esse vídeo como se fosse real e a Anitta teve que se explicar no Twitter. Achei que minha carreira tinha ido por água abaixo, que viria um processo. Porém deu tudo certo, a Anitta entendeu que era apenas um meme, e depois disso teve vários artistas como Ana Maria Braga e Jojo Toddynho. 

Eualber Henrique, CEO da Brazilian VersionEualber fala sobre sucesso da página/Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo

Gazeta de São Paulo: Como você faz a curadoria dos memes?

Eualber Henrique: Hoje tenho outras pessoas na Brazilian Version, e procuro sempre artistas que representem a cultura brasileira, e artistas que me identifico. Teve um meme que fiz com a Ana Maria Braga e ela repostou no perfil dela, ai eu pensei "cheguei lá". Pra uma pessoa que nasceu no interior e cresceu assistindo "Mais Você", ter minha publicação no feed dela é muito importante. 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by eualber (@eualber)

Gazeta de São Paulo: Como é gerir uma página com tantos seguidores?

Eualber Henrique: O foco da página é trazer essa representatividade do povo brasileiro, mas ao mesmo tempo com o conteúdo de humor que respeite tanto quem faz parte do meme quanto para quem tá vendo o meme. Porque quando a gente cria um conteúdo que todo mundo consegue dar risada é uma coisa muito boa. Hoje em dia a gente vê na internet muitas questões que o humor acaba falando alguma questão que pode deixar mal uma pessoa ou  alguma parte da sociedade. O humor da Brazilian tem muito respeito com o seu público e essa preocupação de representar o povo brasileiro.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Gazeta de São Paulo: Quem é o público da Brazilian Version?

Eualber Henrique: O que determina o conteúdo é o público LGBT+. Porém o que acontece, criei o motivacional e esse motivacional foi um divisor de águas na página. Ele tomou uma proporção gigantesca, abrangeu ainda mais para todos os públicos. Saiu da bolha finalmente.

Eualber HenriqueCEO da Brazilian Version faz conteúdo para público diverso/Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo

Gazeta de São Paulo:  A página começou a fazer entrevistas in loco. Existe a intenção de se transformar em conteúdo jornalístico?

Eualber Henrique: A Brazilian chegou nesse período de trazer uma comunicação diferente para o Instagram, a gente tá com esse projeto diferente também para o YouTube. A gente começou a fazer esse teste, com a cobertura recentemente do show do RBD aqui em São Paulo. Tivemos um retorno muito positivo do público, a gente iniciou nosso canal no YouTube já com uma cobertura do show da Taylor Swift também. Na cobertura a gente levou a nossa própria Dulce Maria e a nossa própria Taylor.  A gente tá aí com um projeto de cobertura, mas também algumas surpresinhas que os nossos seguidores podem esperar para o ano que vem.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIMINALIDADE

Polícia Civil fecha empresa que aplicava golpes financeiros no centro de SP

Golpe era através de aplicativos de mensagens; 23 pessoas foram apreendidas na operação

AMARELINHA

Dorival chama são-paulinos e palmeirenses na primeira convocação

Dorival Jr. fez a sua primeira convocação para a seleção brasileira nesta sexta; veja lista

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter