X

IMUNIZAÇÃO EM TODO O PAÍS

Com doses próximas do vencimento, Saúde amplia vacinação contra dengue até 59 anos

Criança e adolescente de 6 a 16 anos podem se vacinar até 30 de abril

Matheus Herbert

Publicado em 18/04/2024 às 13:26

Atualizado em 19/04/2024 às 01:09

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A vacina Qdenga, produzida pela farmacêutica Takeda, foi aprovada em julho de 2023 para pessoas de 4 a 59 anos após estudos clínicos / Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Na noite desta quarta-feira (17), o Ministério da Saúde ampliou o público-alvo da vacinação contra a dengue em todos os municípios do País para evitar perdas de estoques de vacinas que estão próximas do vencimento. Doses com validade até 30 de abril poderão ser aplicadas, preferencialmente, em crianças e adolescente de 6 a 16 anos. 

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

A critério dos gestores municipais, a imunização poderá ser estendida a pessoas de 4 a 59 anos, que é o limite etário especificado na bula da vacina Qdenga, aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Os municípios que tiverem muitas vacinas contra dengue com validade até 30/04, representando um risco de perda física, poderão aplicá-las em faixa etária ampliada, de 6 a 16 anos. Em caso de necessidade, municípios poderão ampliar a estratégia para a faixa etária aprovada pela Anvisa, entre 4 a 59 anos, conforme disponibilidade de doses que vencerão até 30 de abril de 2024”, escreveu a Secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, em publicação nas redes sociais nesta quinta-feira (18).

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado. 

A campanha de vacinação contra a dengue teve início em fevereiro, com a distribuição de doses a 521 municípios selecionados pelo Ministério da Saúde. O público-alvo prioritário são crianças e adolescentes com idade entre 10 e 14 anos, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Adesão baixa em todo o País 

A adesão à campanha de vacinação contra a dengue, atualmente recomendada só para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, é baixa no País.

A vacina Qdenga, produzida pela farmacêutica Takeda, foi aprovada em julho de 2023 para pessoas de 4 a 59 anos após estudos clínicos da vacina demonstrar eficácia geral de 80,2% na proteção contra a dengue. Os participantes foram acompanhados por 4,5 anos. O texto conta com informações da "Folhapress"

Pessoas com menos de 4 anos ou 60 anos ou mais não foram incluídas no estudo, por isso a vacina não foi aprovada para essas faixas etárias.
 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Corinthians atropela o Racing-URU e se garante nas oitavas da Sul-Americana

Classificação às oitavas rende R$ 3 milhões aos cofres do clube, R$ 500 mil a mais do que seria com a vaga nos playoffs

pornografia infantil

Rede de pedofilia em Campinas utiliza códigos para se comunicar em aplicativos

A operação iniciou após uma denúncia feita por uma ONG internacional

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter