Publicidade

X

Brasil

Controle de bagagem de mão começa na segunda-feira

Vanessa Zampronho

Publicado em 11/05/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

As medidas adotadas foram determinadas por um conjunto de normal da Anac e seguem os padrões internacionais / /Renato S. Cerqueira/Futura Press/Folhapress

A partir desta
segunda-feira a fiscalização da bagagem de mão passa a ser mais rigorosa no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e outros quatro aeroportos brasileiros: Santa Genoveva, em Goiânia, Salgado Filho em Porto Alegre, Galeão e Santos Dumont, ambos na cidade do Rio de Janeiro. Já em 23 de maio, a triagem tem início no Aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana da capital paulista, e no Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, os dois últimos dos 15 que participam da
iniciativa.

As medidas adotadas foram determinadas por um conjunto de normas da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em vigor desde 2017 - o mesmo que estabeleceu a cobrança para despachar a bagagem - e seguem os padrões da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA): 55 centímetros de altura, 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade (incluindo alça, bolsos e rodinhas) e peso máximo de 10 quilos.

A triagem é feita antes do raio X, com o auxílio de uma caixa como gabarito. Caso a mala do passageiro seja maior que o estipulado, será preciso voltar ao check-in da companhia aérea para despachá-la, estando sujeito a cobrança extra pelo serviço.

Para evitar surpresas desagradáveis na hora do voo, alguns aplicativos podem ajudar a verificar o tamanho da bagagem por meio de ferramentas de realidade
aumentada.

A jornalista do "Estadão" Ana Beatriz Assam experimentou quatro aplicativos de celular para verificar o tamanho da bagagem, todos gratuitos e disponíveis para iOS e Android.

A conclusão da jornalista é que os aplicativos ajudam, mas não são ideais. "Embora os aplicativos sejam úteis para dar uma noção das dimensões, não substituem a boa e velha fita métrica. E é importante lembrar que você ainda tem mais um desafio para ficar atento em meio a esse processo: o peso da sua mala". (EC)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CASOS EM ALTA

Dengue: grávidas e bebês podem usar repelentes?

Na busca por proteção, a procura por repelentes aumentou nas farmácias de todo o País; dermatologista orienta sobre o uso

DRAMA ALVINEGRO

Corinthians perde para a Ponte Preta em Itaquera e vê vaga se distanciar

Iago Dias abriu o placar aos cinco minutos para a Ponte Preta; Corinthians finaliza 26 vezes, mas não consegue balançar as redes

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter