X

Política

Freixo rejeita imagem de radical e diz que Bolsonaro não tem força para golpe

Pré-candidato ao governo do RJ diz que, ao contrário, sempre esteve ao lado do diálogo e da união

ANA LUIZA ALBUQUERQUE, da Folhapress

Publicado em 20/05/2022 às 12:28

Atualizado em 20/05/2022 às 13:45

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Marcelo Freixo / Valter Campanato/Agência Brasil

Pré-candidato ao Governo do Rio de Janeiro, o deputado federal Marcelo Freixo (PSB) rejeita a pecha de radical, crítica muitas vezes feita contra ele, especialmente pela direita, ao longo de sua trajetória política. Freixo diz que, ao contrário, sempre esteve ao lado do diálogo e da união.

"Só faz uma CPI das Milícias na Alerj [Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro] quem tem capacidade de diálogo e articulação", afirma, em referência à investigação que presidiu na Casa.

O deputado foi entrevistado em sabatina realizada por Folha e UOL, na manhã desta sexta-feira (20).
Freixo também diz que o presidente Jair Bolsonaro (PL) promove uma ameaça permanente contra a democracia, mas afirma que não acredita que ele terá força política para um golpe de estado.

"É um governo que destrói a democracia no dia a dia. O próprio presidente disse que, se perder as eleições, o Brasil vai ter um episódio pior do que nos Estados Unidos com a invasão do Capitólio."

Questionado sobre a existência de uma ala do PT contrária à sua aliança com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Freixo respondeu que esteve recentemente no casamento de Lula e que ele está muito animado e confiante na possibilidade de vitória no Rio de Janeiro.

O governador Cláudio Castro (PL) lidera a disputa à reeleição no estado com 25% das intenções de voto em um cenário de primeiro turno, segundo a mais recente pesquisa Quaest/Genial, divulgada em maio. Freixo aparece em seguida, com 18%.
Em terceiro lugar, está Rodrigo Neves (PDT), com 9%. No pelotão seguinte aparecem André Ceciliano (PT), com 2%, Paulo Ganime (Novo), também com 2%, e Felipe Santa Cruz (PSD), com 1%. Branco, nulo e os que não pretendem votar somam 33%. Os indecisos são 10%.
Já num segundo turno entre Castro e Freixo, o governador marcaria 38%, contra 27% do deputado. Nessa simulação, 27% dizem que votariam branco, nulo ou que não votariam. Os indecisos são 8%.

RAIO-X Marcelo Freixo, 55

Criado em Niterói (RJ), foi o segundo deputado federal mais votado pelo Rio de Janeiro em 2018. Foi deputado estadual por três mandatos (2007-2018) e concorreu à Prefeitura do Rio de Janeiro em 2012 e em 2016, ficando em segundo lugar em ambas. Presidiu a CPI das Milícias na Assembleia Legislativa do Rio (2008) e foi ameaçado de morte por milicianos. É formado em história pela UFF (Universidade Federal Fluminense).

CONFIRA AS DATAS DAS SABATINAS E DOS DEBATES

Sabatinas confirmadas no RJ
Cláudio Castro (PL) - 20/5 - 16h
Sabatinas presidenciais
2º turno - de 10 a 14/10
Debates presidenciais
2º turno - 13/10, às 10h
Debate com candidatos à Vice-Presidência
1º turno - 29/9, às 10h
Debate com candidatos ao Senado
1º turno - 27/9, às 10h
Sabatinas com pré-candidatos ao Governo de SP
2º turno - de 17 a 21/10
Demais sabatinas
Semana de 23/5 - BA Semana de 30/5 - PR Semana de 06/6 - RS Semana de 13/6 - PE Semana de 20/6 - CE
Debates com candidatos ao Governo de SP
1º turno - 19/9, às 10h 2º turno - 20/10, às 10

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

primeiro semestre de 2025

Primeiro modelo produzido pela GWM no Brasil será SUV híbrido Haval H6

Ainda não foi confirmada qual será a versão do H6 a estrear a nova fábrica

segmento de luxo

GM anuncia Cadillac Optiq EV em Paris

O lançamento do Cadillac Optiq EV é considerado como peça-chave para o compromisso global da GM

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter