X

Brasil

Governador afastado do DF entregará celular à PF na segunda-feira

Objetivo é colaborar com investigações, diz advogado de Ibaneis

Agência Brasil

Publicado em 21/01/2023 às 18:04

Atualizado em 21/01/2023 às 18:18

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Ibaneis é investigado no inquérito aberto por Alexandre de Moraes sobre os atos golpistas de 8 de janeiro / Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O governador afastado do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, entregará seu telefone celular à Polícia Federal (PF) na segunda-feira (23) de manhã, “para mostrar sua irrestrita colaboração com as investigações” e “para que se cumpra na íntegra a decisão do ministro [do Supremo Tribunal Federal – STF] Alexandre de Moraes”. A informação é da defesa de Ibaneis.

Ontem (20), a PF cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do governador afastado, no Palácio do Buriti, sede do governo local, e no antigo escritório de advocacia de Ibaneis.

“O governador estava fora de Brasília por ocasião da busca em sua residência, mas faz questão de que o seu telefone seja periciado, pois, como já dito, ele não tem nada a esconder e é o maior interessado na plena apuração dos fatos”, afirmou o advogado Cleber Lopes.

Ibaneis é investigado no inquérito aberto por Alexandre de Moraes, que também autorizou as buscas, para apurar a conduta das autoridades de segurança do Distrito Federal nos atos golpistas de 8 de janeiro, que resultaram na depredação das sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, em Brasília. No dia 9 de janeiro, ele foi afastado do cargo pelo prazo de 90 dias.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ARMAS E DROGAS

Polícia prende especialistas em roubo de cargas milionárias em SP; veja fotos

Quadrilha vinha sendo investigada por três roubos no interior paulista

Apagão 2024

Mancha solar reaparece e pode causar apagão

A tempestade desse mês foi marcada por auroras boreais e austrais em vários lugares do mundo

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter