Publicidade

X

Brasil

Laudo aponta que agressor tem doença mental

Peritos atestaram que homem que deu facada em Bolsonaro tem doença mental

ALINE

Publicado em 08/03/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Adélio Bispo de Oliveira é considerado inimputável; ele está preso / /Reprodução

Peritos indicados pela Justiça Federal atestaram, em laudo, que Adélio Bispo de Oliveira, que tentou matar o presidente Jair Bolsonaro (PSL), sofre de doença mental. O documento pode levar Adélio a ser considerado inimputável perante a Justiça Criminal. As informações foram reveladas pelo "G1" e confirmadas pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

Adélio está preso desde a tarde de 6 de setembro do ano passado, quando golpeou com uma faca o abdome do então candidato à Presidência, em uma rua de Juiz de Fora (MG).

Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal em Minas Gerais por atentado pessoal por inconformismo político, enquadrado na Lei de Segurança Nacional. A Justiça recebeu a ação.

De acordo com o documento, Adélio tem transtorno delirante permanente
paranoide.

Ao ser examinado por psicólogos, ele disse que, se solto, voltaria a tentar matar Bolsonaro.

A defesa de Adélio chegou a ser alvo de busca e apreensão e o inquérito sobre um possível mandante do atentado contra Bolsonaro estava em fase de análise dos materiais apreendidos com os advogados dele. A investigação, no entanto, foi suspensa pelo Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), acolhendo pedido do Conselho Federal da OAB.

Bolsonaro, em campanha, foi golpeado por Bispo em uma rua central de Juiz de Fora na tarde de 6 de setembro. O agressor foi preso em flagrante e confessou o crime. (EC)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CASOS EM ALTA

Dengue: grávidas e bebês podem usar repelentes?

Na busca por proteção, a procura por repelentes aumentou nas farmácias de todo o País; dermatologista orienta sobre o uso

DRAMA ALVINEGRO

Corinthians perde para a Ponte Preta em Itaquera e vê vaga se distanciar

Iago Dias abriu o placar aos cinco minutos para a Ponte Preta; Corinthians finaliza 26 vezes, mas não consegue balançar as redes

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter