X

POLÍTICA

Lula é capa da revista Time: 'O segundo ato'

Na entrevista à publicação, Lula revelou que pensou em não mais se candidatar à Presidência

Joe Silva

Publicado em 04/05/2022 às 10:06

Atualizado em 04/05/2022 às 10:48

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Lula estampa capa da Revista 'Time' / Reprodução

O ex-presidente Lula (PT) estampa a capa da edição com a data de 23 de maio da revista norte-americana "Time". No título da publicação há a frase "Lula's second act", que significa "O segundo ato de Lula", em Português. A frase seria uma alusão a um possível segundo mandato do petista como presidente da República a partir de 2023.

A revista costuma trazer personalidades de diferentes segmentos da sociedade em suas capas. Nas próximas semanas está previsto o destaque para o bilionário Elon Musk que recentemente comprou o Twitter.

No subtítulo a revista traz a frase: "O líder mais popular do Brasil buscar retornar à Presidência". Na matéria, a revista pretende falar sobre popularidade do ex-presidente e sobre a condenação à prisão pela Operação Lava Jato.

Na entrevista que concedeu à "Time" Lula revelou que pensou em não se candidatar à Presidência novamente.

"Eu na verdade nunca desisti da política. A política está em cada célula minha, a política está no meu sangue, está na minha cabeça. Porque o problema não é a política simplesmente, o problema é a causa que te leva à política", afirmou Lula.

"Quando deixei a Presidência em 2010, efetivamente eu não pensava mais em ser candidato à Presidência da República. Entretanto, o que eu estou vendo, doze anos depois, é que tudo aquilo que foi política para beneficiar o povo pobre— todas as políticas de inclusão social, o que nós fizemos para melhorar a qualidade das universidades, das escolas técnicas, melhorar a qualidade do salário, melhorar a qualidade do emprego—, tudo isso foi destruído, desmontado", completou.

Ainda na entrevista, o pré-candidato do PT ao Planalto comentou sobre a definição da postura econômica que é esperada em seu governo. 

"Eu sou o único candidato com quem as pessoas não deveriam ter essa preocupação, porque eu já fui presidente duas vezes. E a gente não discute política econômica antes de ganhar as eleições. Primeiro você precisa ganhar para depois saber com quem você vai compor e o que você vai fazer. Quem tiver dúvida sobre mim olhe o que aconteceu nesse país quando eu fui presidente da República: o crescimento do mercado", argumentou o ex-presidente.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nasceu em julho ou agosto?

Caixa libera abono do PIS/PASEP para trabalhadores nascidos em julho e agosto

Governo deve liberar R$ 4,5 bilhões para os benefícios, sendo R$ 3,9 bilhões para o PIS e R$ 613 milhões para o PASEP

VIOLÊNCIA BRUTAL NO LITORAL

VÍDEO: câmera registra momento em que idoso recebe voadora e morre

Cesar Fine Torresi atravessava a rua Pirajá da Silva de mãos dadas com o neto, de 11 anos, no dia 8 de junho, quando foi agredido por Tiago Gomes de Souza; entenda caso

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter