X

ELEIÇÕES 2022

Lula tem 54% dos votos válidos no 1º turno, ante 30% de Bolsonaro, mostra pesquisa

Para ganhar no primeiro turno, é necessário que o candidato some 50% dos votos válidos mais um

JOELMIR TAVARES, da FOLHAPRESS

Publicado em 27/05/2022 às 09:35

Atualizado em 27/05/2022 às 09:43

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Lula (PT) / Ricardo Stuckert - PT- Reprodução/Facebook

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria a eleição de 2022 no primeiro turno se o pleito fosse hoje, com 54% dos votos válidos, ante 30% do presidente Jair Bolsonaro (PL), segundo a nova pesquisa Datafolha.


O percentual de votos válidos, que exclui brancos e nulos, é o considerado pela Justiça Eleitoral para declarar o resultado final.


Para ganhar no primeiro turno, é necessário que o candidato some 50% dos votos válidos mais um. A votação será em 2 de outubro –o segundo turno está previsto para o dia 30 do mesmo mês.


A pesquisa mostrou que Lula abriu 21 pontos percentuais de vantagem sobre Bolsonaro e hoje lidera a disputa presidencial com 48% das intenções de voto no primeiro turno, ante 27% do principal adversário.


O levantamento foi feito com 2.556 eleitores acima dos 16 anos em 181 cidades de todo o país, nesta quarta (25) e quinta-feira (26). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos. A pesquisa foi contratada pela Folha de S.Paulo e está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-05166/2022.


Os resultados confirmam o afunilamento do embate entre Lula e Bolsonaro, o que tem feito rivais dos dois favoritos a estimularem uma campanha contra o voto útil já no primeiro turno.


O terceiro colocado na pesquisa estimulada é Ciro Gomes (PDT), com 7%. Outros postulantes atingiram no máximo 2%. A senadora Simone Tebet (MDB), ungida por ora a candidata unitária dos partidos de centro-direita que tentam fabricar uma terceira via, tem 2%.


Em votos válidos, Ciro teria no primeiro turno 8%, seguido por André Janones (Avante, 2%), Tebet (2%), Pablo Marçal (Pros) e Vera Lúcia (PSTU), estes dois com 1%. Os demais postulantes não pontuariam.


A possibilidade de vitória no primeiro turno é semeada por aliados e apoiadores de Lula, embora porta-vozes do PT venham agindo para desestimular a tese de "já ganhou". Líderes do partido vêm reconhecendo publicamente que o confronto com Bolsonaro tende a ser acirrado.


O entorno do atual mandatário também incentiva a narrativa de que ele conquistará a reeleição logo de cara, com o slogan de "vai ser no primeiro turno". Os números revelados pela nova pesquisa, contudo, contradizem essa aposta.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

BATIDA

Ônibus e moto pegam fogo após acidente na zona sul de SP

Cerca de quatro viaturas do Corpo de Bombeiros foram encaminhadas ao local

Cotidiano

Rodovias do SAI têm trânsito fluindo bem nesta quinta

Informações foram passadas por meio do boletim da Ecovias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter