X

NOVO COMANDO

'PRF não irá pactuar com investidas contra a democracia', diz novo diretor

Ministro Flávio Dino apresentou nesta quarta Fernando Oliveira para o comando da entidade

DA Reportagem

Publicado em 08/02/2023 às 19:56

Atualizado em 08/02/2023 às 20:04

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Relembrando episódios recentes, Antônio Fernando reiterou o compromisso da PRF com o Estado Democrático de Direito. / Divulgação/PRF

O Policial Rodoviário Federal Fernando Oliveira foi formalmente apresentado como Diretor-Geral da PRF em cerimônia na Sede Nacional da Polícia Rodoviária Federal, em Brasília. A solenidade, presidida pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, contou com a presença da governadora em exercício do Distrito Federal, Celina Leão, do governador do Maranhão, Carlos Brandão, e do Diretor Geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues.

No evento, também aconteceu a apresentação da nova diretoria do órgão e a assinatura de um protocolo de intenções com o Instituto Childhood para o enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes e de um Acordo de Cooperação Técnica com o Ibama para o intercâmbio de informações e ações conjuntas nas áreas de fiscalização, inteligência e capacitação.

Em seu pronunciamento, o novo Diretor-Geral destacou que em sua gestão a PRF dará ênfase à segurança viária e vai aprofundar uma vocação histórica: a promoção e defesa da cidadania. “Estejam preparados para voltar a ver policiais rodoviários federais enfrentando bravamente a exploração sexual de crianças e adolescentes, o tráfico de seres humanos, o trabalho escravo e todo tipo de mazelas que provocam o esgarçamento do tecido social”, afirmou.

Relembrando episódios recentes, Antônio Fernando reiterou o compromisso da PRF com o Estado Democrático de Direito. "A Polícia Rodoviária Federal, como órgão de Estado, não tem partido e não irá pactuar com qualquer investida contra a democracia”. "O policial que flagra a ultrapassagem proibida é o mesmo que impede que a droga chegue ao portão da escola, e que também realiza o parto do bebê que não esperou no caminho da maternidade. A defesa da vida está no DNA da PRF”, defendeu.

“Com humildade, responsabilidade e empenho, trabalharei como fiz até hoje: em obediência à Constituição Federal e às leis do nosso ordenamento jurídico”, garantiu.

Durante seu discurso, o ministro Flávio Dino destacou a importância da Polícia Rodoviária Federal para o Brasil. “Vida é o que define a natureza desta instituição em relação a qual o povo brasileiro tem tanta gratidão. A Polícia Rodoviária Federal, se tivesse que ser definida em uma só frase, é uma Instituição vocacionada à proteção da vida, à defesa da vida”, afirmou.

“Nenhuma instituição humana é infalível. As instituições corrigem os erros pessoais e, por isso, tenham a tranquilidade de que não passa de mais uma fake News, mentira, a ideia de que haveria uma espécie de má vontade com esta Instituição. Não acreditem nos maus, que querem dividir o nosso trabalho, que deve ser unido pelo bem do Brasil, independentemente das nossas preferências pessoais de outrora ou de doravante”, defendeu o ministro.

“O Diretor-Geral Fernando é uma voz em defesa da instituição, da valorização. Tenham a minha breve visita como um gesto de fraternidade do presidente Luís Inácio Lula da Silva, que respeita a Polícia Rodoviária Federal. O povo brasileiro ama a Polícia Rodoviária Federal e precisa da Polícia Rodoviária Federal”, concluiu Flávio Dino.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PRESOS EM FLAGRANTE

Polícia prende dupla que tentava instalar 'chupa cabra' em caixa eletrônico da Grande SP

De acordo com a Polícia Civil, dispositivo estava conectado a uma central interligada ao equipamento

Segurança

Marcha para Jesus: PM de São Paulo reforça segurança

A caminhada terá início na Estação Luz do Metrô, às 10h; Durante o evento, policiais à paisana estarão em meio à multidão

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter