Publicidade

X

Brasil

Rio tem chuva de granizo e ruas alagadas após dia de calor forte

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, a chuva atingiu bairros do centro, zona sul, zona oeste e a Baixada Fluminense

FolhaPress

Publicado em 15/11/2023 às 12:15

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Choveu granizo em bairros da zona oeste, como a Vila Kennedy / Reprodução/Arquivo Pessoal

Após mais um dia de calor forte, com a temperatura máxima chegando a 39,1°C, o Rio de Janeiro entrou em estágio de mobilização na noite desta terça-feira (14) por causa da chuva moderada e forte no município.

Chegou a chover granizo em bairros da zona oeste, como a Vila Kennedy. Moradores do bairro relataram também o alagamento de ruas e a queda de uma árvore em uma moto estacionada.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, a chuva atingiu bairros do centro, zona sul, zona oeste e a Baixada Fluminense.

O estágio de mobilização é o segundo nível em uma escala de cinco e significa que há riscos de ocorrências de alto impacto na cidade.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Houve registro de bolsões d'água em vários bairros, queda de árvores e alagamento em Realengo, na zona oeste.

Na avenida Brasil, a queda de uma estrutura ocupou parcialmente a pista central, na altura da estrada da Cancela Preta, em Padre Miguel. A via foi liberada no início da madrugada.

Houve reclamações de moradores sobre a falta de energia elétrica em alguns bairros.

O Rio voltou ao estágio de normalidade em relação à chuva no início da manhã desta quarta (15), às 6h.

Ondas de calor como a que atinge diversas regiões do Brasil são reforçadas por um bloqueio de pressão atmosférica, pelo El Niño e por mudanças climáticas. O país vive a oitava onda do tipo de 2023, e está sob alerta até a próxima sexta-feira (17).

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Pesquisa afirma que Trump tem 48% das intenções de voto nos EUA

Os resultados mostram que 48% dos entrevistados afirmaram que votariam em Trump

Esportes

Agora é oficial! Palmeiras recebe documento que garante título mundial

A entidade internacional indicou o título da Copa Rio conquistado em 1951 como a primeira versão do tradicional torneio de clubes

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter