Publicidade

X

Brasil

UE multa Google em € 1,5 bilhão por monopólio

Junior Dothcom

Publicado em 21/03/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A União Europeia multou o Google nesta quarta-feira, em € 1,49 bilhão (US$ 1,69 bilhão) por práticas anticompetitivas. Segundo a autoridade, a empresa foi punida por abusar de sua posição dominante no mercado para forçar sites de terceiros a usarem seu serviço de publicidade Google AdSense, que coloca e administra anúncios em páginas na web.

"Essa má conduta perdurou durante os últimos dez anos e tirou de outras empresas a possibilidade de competir no mesmo nível e de inovar", afirmou a chefe da Comissão Europeia Margrethe Vestager, em uma conferência com a imprensa nesta quarta-feira.

De acordo com a agência de notícias Bloomberg, a União Europeia investiga o caso desde 2016, focando nos contratos do Google com sites que recebiam anúncios via AdSense - o acordo era exclusivo, ou seja, não permitia que esses sites recebessem anúncios de plataformas publicitárias concorrentes às do Google

Essa é a terceira vez que a União Europeia aplica multas agressivas ao Google por práticas anticompetitivas. As três multas, que lideram o ranking das maiores ações antitruste já impostas pela União Europeia, somam o valor de € 8,2 bilhões (US$ 9,3 bilhões).

Para se ter ideia do peso das sanções, o valor de US$ 9,3 bilhões corresponde a cerca de 7% da receita da Alphabet, controladora do Google, no ano de 2018. A título de comparação, a lei de proteção de dados europeia (GDPR), que tem multas agressivas, estabelece que empresas podem ser punidas em até 4% da
receita anual.

Em comunicado à imprensa, Kent Walker, vice-presidente de assuntos globais do Google disse: "Sempre concordamos que mercados saudáveis e desenvolvidos são de interesse de todos. Já fizemos uma série de mudanças nos nossos produtos para responder às preocupações da Comissão. Nos próximos meses, faremos mais atualizações para dar maior visibilidade a rivais na Europa."
(EC)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Turismo

Castelo construído por ex-engraxate no Litoral vira notícia em jornal americano

Ivanio Batista da Silva, também conhecido como Rei Ivanio I e dono do ponto turístico de Cubatão, conta a história do local nas páginas do Wall Street Journal

NO CENTRO DE SÃO PAULO

Polícia de SP investiga Bruna Surfistinha por abandono de animais; pets são vistos em meio a fezes

Uma cachorra e três gatas foram encontradas por policiais em meio a fezes e sem alimento, e foram encaminhados para ONGs; suspeita é de mais de uma semana de abandono

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software