últimas notícias
A prefeita ficará 14 dias em quarentena
A prefeita ficará 14 dias em quarentena
Foto: Reprodução/Facebook

Gracinha denuncia ofensas racistas nas redes sociais

Duas pessoas foram apontadas como responsáveis pelo ataque e serão intimadas pela Polícia Civil para prestar depoimento

Primeira prefeita negra de Ilhabela, Gracinha (PSD) denunciou à polícia ter sido vítima de injúria racial pelas redes sociais. Duas pessoas foram apontadas como responsáveis pelo ataque e serão intimadas pela Polícia Civil para prestar depoimento.

De acordo com informações do "G1", Gracinha procurou a Polícia Civil em dezembro para denunciar as ofensas racistas. A prefeita apresentou duas postagens em que é chamada de "preta de neve" e "mula do morro". A prefeita afirmou no depoimento que "os comentários extrapolam a crítica política e ofendem sua moral".

Ainda de acordo com o "G1", os comentários forram feitos por uma servidora aposentada do Tribunal de Justiça e por um coronel aposentado da Polícia Militar. Ambos negam terem cometido o crime.

Gracinha está no cargo desde maio de 2018, quando assumiu a gestão após a cassação do mandato de Márcio Tenório (MDB).

Tops da Gazeta