últimas notícias
As irmãs de Porto Feliz Luiza Quagliatto (dir.) e Laura Quagliatto foram destaques em evento nacional de ginástica Rítmica
As irmãs de Porto Feliz Luiza Quagliatto (dir.) e Laura Quagliatto foram destaques em evento nacional de ginástica Rítmica
Foto: Divulgação

Irmãs de Porto Feliz são destaques em evento nacional de ginástica

Atletas participaram da Taça Brasil Online, evento nacional de Ginástica Rítmica organizado pela CIA BR Brasil

Duas irmãs de Porto Feliz foram destaques da Taça Brasil Online, evento nacional de Ginástica Rítmica organizado pela CIA BR Brasil. A competição envolveu no final do mês passado, mais de 32 entidades de todo o País e cerca de 260 competidoras, divididas nas categorias Baby e Pré-Mirim (nível A) e Mirim, Infantil e Juvenil (nível B).

As irmãs gêmeas de 18 anos, Laura Quagliatto Fernandes e Luiza Quagliatto Fernandes, conseguiram medalhas nos aparelhos Maças e Mãos Livres respectivamente. Laura conquistou o primeiro lugar em sua modalidade, enquanto Luiza ocupou a nona posição do ranking.

“Foi uma experiência única. Desde que os treinos foram paralisados por conta da pandemia, eu e minha irmã continuamos treinando em casa. Criamos as coreografias junto com a nossa professora. Foi uma honra representar Porto Feliz em uma competição nacional”, disse à Gazeta Laura Quagliatto.

Já a irmã, Luiza Fernandes complementou dizendo que treinar em casa não é fácil. “Amo muito a ginástica rítmica e fiquei muito feliz por representar Porto Feliz em uma competição nacional pela primeira vez. Treinar em casa não foi fácil, mas o apoio da família e a dedicação da professora Rose me incentivaram a continuar melhorando cada vez mais. Foi emocionante”, ressaltou Luiza.

A reportagem também entrevistou a professora das alunas, Rosemeire Maria Lara. “Desde 2014 elas são minhas alunas. São meninas aplicadas, acreditávamos que elas iriam parar as aulas por conta da faculdade, porém isso não aconteceu. As aulas foram mantidas de forma remota. As coreografia montamos juntas, porém boa parte partiu das duas”, complementou a profissional.

Comentários

Tops da Gazeta