últimas notícias

Morre pai de menina arremessada de carro

O pai da menina de quatro anos que ficou gravemente ferida depois de ser arremessada de um carro na rodovia Tancredo Neves, em Jundiaí, morreu na quarta-feira (3). Segundo o "G1", era ele quem dirigia o veículo no momento do acidente.

Carlos Eri Pereira Freitas, de 55 anos, perdeu o controle da direção, bateu em um barranco e capotou várias vezes no quilômetro 53 da rodovia, na altura da Vila Militar. Ele estava internado desde o dia 22 de janeiro na UTI do Hospital São Vicente.

Com o impacto, a filha de Carlos foi arremessada a uma distância de cerca três metros. A criança teve fratura exposta e precisou de pinos durante a recuperação. Ela recebeu alta no dia 28 de janeiro.

Uma moradora de Várzea Paulista, de 23 anos que passava pelo local na hora do acidente, foi quem acalmou a menina com músicas infantis logo após a batida.

"Ela gritava até cansar e desmaiava. Por isso, cantei para ela, para acalmar enquanto ela estava acordada. Eram músicas de criança que canto para meu filho. Me coloquei no lugar da mãe dela", disse a mulher, que preferiu não se identificar. Outro ocupante do carro saiu da Unidade de Terapia Intensiva e foi levado ao quarto. (GSP)

Tops da Gazeta