últimas notícias

Suspeito de matar namorado da ex fala em emboscada, diz polícia

O suspeito de matar o namorado da ex-companheira a facadas em Alumínio disse, durante depoimento à polícia, que foi atraído para uma emboscada e que há mais pessoas envolvidas no crime. Ele se entregou à polícia na quinta-feira (18), na delegacia da cidade. As informações são do "G1".

Segundo a advogada de defesa, Simone Maciel, Ronaldo Batista França alegou se tratar de um caso de legítima defesa. A Polícia Civil informou que a mesma versão também foi citada durante o depoimento.

O caso aconteceu na terça-feira (16), na rua Santa Catarina. De acordo com o registro, a vítima, Francisco Junior, sofreu quatro facadas, foi levada ao pronto atendimento e não resistiu aos ferimentos. Na unidade hospitalar, o homem chegou a apontar quem o havia esfaqueado. Na ocasião, Ronaldo fugiu do local do crime.

De acordo com a defesa, ele alegou que havia sido chamado pela vítima através de um telefonema e, quando chegou ao local, havia outras três pessoas lá. Ainda segundo a versão apresentada, o suspeito contou que foi agredido. A polícia vai investigar o envolvimento de outras pessoas no crime. (GSP)

Tops da Gazeta