últimas notícias

São Sebastião acolhe desalojados pela chuva

Há 15 pessoas que estão em abrigo social da Prefeitura de São Sebastião neste momento, principalmente moradores de áreas de risco da cidade que precisaram sair de suas casas por causa das fortes chuvas que caíram sobre o litoral norte neste começo do ano. Desde o início do ano, mais de 30 pessoas foram abrigadas. Além disso, aproximadamente 200 pessoas foram desalojadas de suas residências por causa da instabilidade climática.

A prefeitura informa que nos últimos 60 dias foram realizados diversos atendimentos às famílias vítimas das chuvas, e residentes nas áreas de risco, que tiveram seus imóveis atingidos por riscos decorrentes de deslizamentos e alagamentos.

No Plano Municipal de Contingência da Defesa Civil (Plamcon), a gestão do abrigo fica sob responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Social. No fim de janeiro, foram atendidas 79 pessoas, acolhidas em abrigo montado na Escola Municipal da Topolândia, na região central.

"Nosso técnicos dos Centros de Referência em Assistente Social [CRAS] e do Centro de Referência Especializado em Assistência Social [CREAS] ficam responsáveis por todo o Atendimento Socioassistencial aos desalojados, que são as pessoas encaminhadas para a casa de parentes, amigos ou vizinhos, além dos desabrigados, que são aqueles que passam a ser assistidos pelo poder público municipal na política de proteção social", contou Rogéria Oliveira Freitas, secretária de Desenvolvimento Social. (GSP)

Tops da Gazeta