últimas notícias
Vista aérea  do local que será batizado como Caraguatatuba D, de propriedade da CDHU
Vista aérea do local que será batizado como Caraguatatuba D, de propriedade da CDHU
Foto: DIVULGAÇÃO/PMC

Caraguá cadastra 112 imóveis em terreno ocupado

O terreno foi ocupado há alguns anos por famílias; governo pretende construir casas populares na área de 78 m²

Uma ação conjunta envolvendo as Secretarias de Habitação, Desenvolvimento Social e Cidadania, Assuntos Jurídicos, Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão, com apoio da Polícia Militar, cadastrou 112 famílias ocupantes de um imóvel pertencente à Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), do Governo Estado de São Paulo, no Perequê-Mirim, na região sul de Caraguatatuba. A força-tarefa esteve na área na manhã de segunda-feira (2), enumerando as residências e orientando os moradores a se dirigirem à escola estadual Vereador Benedito Paes Sobrinho para fazer o cadastro social.

Quando a equipe não encontrava ninguém na casa visitada, deixava uma notificação solicitando que o residente comparecesse no Centro de Referência de Assistência Social Maria Luiza Bourabeby (Cras Sul), no Porto Novo.

O morador deve ir ao local nas sextas-feiras (6, 13, 20 e 27) de dezembro portando documentos originais de todos os integrantes da família, incluindo a notificação: RG, CPF, Cartão SUS, laudo médico (pessoa com deficiência ou doente crônico), comprovante de residência, comprovante de benefício (Lei Orgânica da Assistência Social - LOAS, Benefício de Prestação Continuada - BCP, aposentadoria, Bolsa Família), título de eleitor (comprovando municipalidade de três anos - se o título for recente por causa da biometria, deverá apresentar certidão eleitoral), comprovante de renda (se não tiver como comprovar renda ou estiver desempregado, deve apresentar a carteira de trabalho. O atendimento para as famílias notificadas vai das 9h às 15h.

Durante a ação, os servidores da Secretaria de Habitação colocaram um selo e fotografaram as residências, enquanto os funcionários da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania entregaram senhas de atendimento.

"Todo o levantamento cadastral dos imóveis e das famílias ocupantes serão entregues à CDHU, proprietária da área", explicou o assessor de governança da Secretaria de Habitação, Marcos Roberto de Souza.

O terreno de 78.289 m² foi ocupado há alguns anos por dezenas de famílias. A CDHU teve o direito ao imóvel reconhecido através de uma ação de reintegração/manutenção de posse iniciada em 2013. O Governo do Estado pretende construir casas populares na área. O empreendimento receberá o nome de Caraguatatuba D.

O Cras Sul fica na avenida José Herculano, 6.900, Porto Novo. O telefone é (12) 3885-2350. O endereço da Secretaria de Habitação é venida Minas Gerais, 1.290, Indaiá. Os telefones para contato são (12) 3885-1600 e (12) 9 9663-5688.

Tops da Gazeta