últimas notícias
Caminhada em Porto Feliz foi realizada da Estação das Artes em direção à Praça da Matriz
Caminhada em Porto Feliz foi realizada da Estação das Artes em direção à Praça da Matriz
Foto: DIVULGAÇÃO/PMPF

Violência contra a mulher é tema de caminhada em Porto

AUMENTO DOS CASOS. Ação fez parte do "Agosto Lilás", mês que marca os 13 anos da Lei Maria da Penha

Na manhã de sexta-feira, uma caminhada na cidade de Porto Feliz fez uma alerta para o aumento de casos de violência contra a mulher e lembrou os 13 anos da Lei Maria da Penha. A ação faz parte do "Agosto Lilás", mês da conscientização pelo fim da violência contra a mulher.

O período foi escolhido porque é quando a Lei Maria da Penha foi criada. A lei que protege as mulheres vítimas da violência já tem 13 anos.

A ação em Porto Feliz
reuniu profissionais da rede de enfrentamento à violência contra a mulher, usuários dos serviços da rede intersetorial, coletivos e representantes da sociedade civil.

O ato foi marcado por uma caminhada da Estação das Artes em direção à Praça da Matriz e teve intervenções culturais durante o trajeto, como poesia, teatro, música e exposição de cartazes, além da distribuição de materiais
informativos.

CAMPANHA.

A campanha comemora o aniversário da Lei Maria da Penha, com o objetivo informar e orientar a população para os casos de violência, que pode ser física, psicológica, moral, patrimonial e
sexual.

As denúncias podem ser realizadas através de diversos canais, como a Central de Atendimento à Mulher 180, Polícia Militar 190, Guarda Civil Municipal 199, além dos órgãos como a Delegacia, OAB, Ministério Público e os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do Jardim Excelsior, Jardim Vante e Vila Angélica. (GSP)

Tops da Gazeta