últimas notícias

Metrô deve indenizar homem em R$ 15 mil

A Justiça de São Paulo determinou que o Metrô pague uma indenização por danos morais de R$ 15 mil a Valmir Ferreira de Souza, passageiro que foi abordado de forma violenta na Estação Penha por supostamente praticar comércio irregular no interior dos vagões

A abordagem ocorreu em agosto de 2018. Segundo o Metrô, os seguranças agiram "em estrito cumprimento de dever legal", não havendo excessos a justificar a indenização. No entanto, em sua decisão, a juíza da 44ª Vara Cível da Capital, Anna Paula Dias da Costa, destacou que o "excesso é claro ante a forma truculenta dos agentes".

"Não se nega que os agentes de segurança do Metrô, no exercício da atividade, devam zelar pela segurança dos usuários e atuar imediatamente para evitar riscos. No entanto, no caso dos autos, a conduta dos agentes extrapolou o parâmetro da normalidade para o exercício da profissão", afirmou a magistrada.

A condenação do Metrô se deu dias antes de um homem ser agredido por seguranças na noite da última segunda-feira (8), na estação Bresser - Mooca, zona leste da Capital.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, a vítima leva uma cotovelada e um soco. De acordo com a companhia, o usuário ficou agressivo após um tumulto na estação e teve de ser contido pelos agentes de seguranças da companhia e retirado do sistema. (EC)

Tops da Gazeta