últimas notícias
Tamanho da mala deve ter até 55 cm de altura, 35 de largura e 25 
de profundidade, e 10 kg; molde de papelão é usado na fiscalização
Tamanho da mala deve ter até 55 cm de altura, 35 de largura e 25 de profundidade, e 10 kg; molde de papelão é usado na fiscalização
Foto: ADRIANO ISHIBASHI/FRAMEPHOTO/FOLHAPRESS

Congonhas adota novas regras para bagagem de mão

DE OLHO NO TAMANHO. Passageiro deve verificar tamanho da bagagem antes de passar pelo raio X

As novas regras para despachar as bagagens de mão dos passageiros começaram a valer nesta segunda no aeroporto de Congonhas, na zona sul da Capital. Antes de embarcar, é necessário agora verificar se a bagagem tem até 55 cm de altura, 35 cm de largura, 25 cm de profundidade e, no máximo, 10 kg de peso.

Essa verificação deve ser feita antes de passar a bagagem pelo equipamento de raio X. Se estiver acima dos padrões estabelecidos, ela deve ser despachada para o setor de cargas das companhias aéreas e o passageiro pagará a mais por isso. A regulamentação sobre o tamanho das bagagens será adotada por todas as companhias aéreas do Brasil, e segue as regras da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA).

O valor da bagagem extra nas viagens das companhias participantes Latam, Gol e Avianca Brasil, varia de R$ 59 a R$ 220, dependendo do tamanho e peso.

A partir de 23 de maio, os aeroportos Luis Eduardo Magalhães (Salvador) e em Cumbica (Guarulhos), também passarão a fiscalizar o tamanho da bagagem e cobrar pelas malas extras.

Antes destes locais, os aeroportos de Juscelino Kubitschek (Brasília), Afonso Pena (Curitiba), Viracopos (Campinas/SP), Aluízio Alves (Natal), Confins (Belo Horizonte), Pinto Martins (Fortaleza), Guararapes (Recife) e Val-de-Cans (Belém) já seguiam as novas regulamentações da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O objetivo destas novas regras, segundo a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), é facilitar o embarque dos passageiros e tornar o fluxo de embarque mais rápido, de forma a evitar atrasos. Quando começou a cobrança pelas bagagens a mais, usuários passaram a levar malas de mão cada vez maiores, o que dificultava o embarque.

APLICATIVOS.

Para facilitar a vida dos passageiros, há aplicativos que ajudam a medir a bagagem de mão antes mesmo de chegar ao aeroporto. Dois deles são de companhias aéreas, a Latam e a KLM. Outros dois são a Momondo e a Kayak.

Todos são gratuitos e disponíveis para iPhone e Android. Para medir o tamanho da sua bagagem, o passageiro deve colocar a mala em um local cujo fundo seja neutro (como uma parede de uma única cor), e focalizar a bagagem com a câmera do celular. O aparelho escaneia as dimensões da mala e informa se o tamanho está dentro dos padrões permitidos.

No caso do aplicativo da KLM, ele somente funciona com os passageiros que comparam passagens da companhia. (GSP)

Tops da Gazeta