últimas notícias

Detenção de 2 jovens é contestada pela família

Dois jovens de 16 e 17 anos da favela de São Remo, na zona oeste da Capital, foram apreendidos pela Polícia Militar na última terça( 16), acusados de roubar à mão armada uma mulher de 37 anos. Eles alegam inocência, mas foram reconhecidos pela vítima. Desde então, estão na Fundação Casa.

Familiares, no entanto, acreditam se tratar de "prisão forjada" e passaram a investigar o álibi dos jovens por conta própria. Os jovens declaram que saíram juntos da São Remo e estavam indo a pé até a casa da namorada de um deles, no Jaguaré. Quando esperavam ela sair na frente do portão, foram pegos e algemados pela PM.

Para tentar confirmar a versão, foram levantadas imagens de câmeras instaladas no trajeto e informações de georreferenciamento registradas no celular de um deles. Com base nesses dados, chegaram à conclusão: os jovens estariam a cerca de 3 quilômetros do local em que a vítima foi assaltada.

Moradores também saíram em defesa dos adolescentes. Uma passeata pela liberdade dos jovens foi feita na segunda (22), na São Remo. (EC)

Tops da Gazeta