últimas notícias
Multa visa empresas que geram mais de 200 litros de lixo por dia
Multa visa empresas que geram mais de 200 litros de lixo por dia
Foto: Willian Moreira/Futura Press/Folhapress

Acaba prazo para cadastro de geradores de lixo em SP

A multa às empresas consideradas grandes geradoras de lixo que não se cadastrarem no sistema será de R$ 1.639,60

A Prefeitura de São Paulo irá aplicar multa de
R$ 1.639,60 em estabelecimentos comerciais considerados grandes geradores de lixo (acima de 200 litros/dia) que não estiverem cadastrados no sistema de controle de lixo da cidade até o fim desta quinta.

O registro não tem custo, e a prefeitura solicita que seja feito tanto por pequenos como grandes geradores de lixo no site www.ctre.com.br. A multa por não se cadastrar será aplicada somente aos grandes geradores.

Segundo a reportagem apurou, o site é gerenciado pela empresa Green Platforms, que doou a plataforma em 2017 para o poder público. O dono, Francisco Miguel Goulão Rego, que assinou o contrato com a prefeitura como procurador da empresa, também é proprietário da Greening Inovação e Sustentabilidade, empresa que oferece ampla gama de serviços ligados à cadeia de gestão de resíduos sólidos.

A gestão Covas afirma que a empresa não poderá usar os dados a que terá acesso na plataforma para outros fins que não a gestão da própria plataforma doada.

Deve se cadastrar no sistema todas as empresas com CNPJ (microempresa, Mei, Eireli, entre outras) situadas no município, assim como todas as empresas de fora mas que prestam serviços no processo de transporte, manuseio, reciclagem ou destino final de resíduos sólidos gerados na cidade. (FP)

Tops da Gazeta