últimas notícias

Covas dará reembolso a filmes feitos em SP

Em agosto, notícias de fechamento de ruas, explosões de fogos de artifício e a presença do ator Keanu Reeves, astro de Matrix, nas ruas de São Paulo, tomaram o noticiário e fizeram barulho nas redes sociais. No que depender da prefeitura da cidade, eventos do tipo devem aumentar.

A gestão Bruno Covas (PSDB) lançou nesta terça-feira um programa de incentivos para filmagens estrangeiras na cidade que prevê reembolsos de 20% a 30% nos gastos de produções internacionais que usarem a Capital como cenário, como recentemente ocorreu com um episódio da série Black Mirror, e filmes como a adaptação para a telona de Ensaio Sobre a Cegueira, de José Saramago. O critério é a produção ter gasto mínimo de
US$ 500 mil e vale para filmes, séries e ações publicitárias internacionais que usem produtoras locais.

A iniciativa de estimular filmagens na cidade havia sido anunciada neste ano, mas os detalhes foram anunciados nesta terça, pela cineasta Laís Bodanzky, presidente da estatal Spcine, empresa de fomento ao cinema da cidade.

O incentivo, chamado Cash Rebate, é feito por outras cidades do mundo, segundo os técnicos da Secretaria Municipal de Cultura. Segundo nota da prefeitura, "o Programa de Incentivo às filmagens da Cidade de São Paulo prevê quatro linhas, sendo três delas por meio de cash rebate: produções internacionais filmadas em São Paulo; produções nacionais filmadas em São Paulo com grande potencial internacional; e campanhas publicitárias internacionais filmadas em São Paulo". (EC)

Tops da Gazeta