últimas notícias
A vítima faleceu na última segunda-feira (6)
A vítima faleceu na última segunda-feira (6)
Foto: Reprodução

Polícia prende suspeito de atear fogo em morador de rua em SP

Segundo a polícia, o suspeito, tem 49 anos e também é morador de rua. Ele nasceu em Minas Gerais, mas mora na capital há pelo menos 30 anos coletando recicláveis

A Polícia Civil prendeu na madrugada desta quarta (8) o suspeito de atear fogo em um morador de rua no último domingo (5), na região da Mooca (zona leste da capital paulista). A vítima morreu um dia depois.

Segundo a polícia, o suspeito, conhecido como Buiu, tem 49 anos e também é morador de rua. Ele nasceu em Minas Gerais, mas mora na capital há pelo menos 30 anos coletando recicláveis.

Ele foi detido no Cambuci (região central de SP), por volta da 1h, quando vagava pela rua e não resistiu à prisão. A parte da frente do cabelo dele estava chamuscada, segundo a polícia.

Em entrevista coletiva nesta quarta (8), os delegados que investigam o caso informaram que o suspeito assumiu a autoria do crime. O acusado disse que ateou fogo em Carlos Roberto Vieira da Silva, 39 anos, porque ele teria lhe furtado R$ 10 mil em dinheiro.

Os delegados dizem não acreditar na versão apresentada pelo suspeito, mas vão pedir quebra de sigilo bancário, para ver se ele tinha mesmo esse valor em alguma conta bancária.

A polícia ainda aguarda laudo da perícia para saber qual produto inflamável foi usado pelo morador de rua.

O acusado foi indiciado por homicídio qualificado. Ele teve a prisão temporária decretada pela Justiça e será encaminhado para um Centro de Detenção Provisória.

Comentários

Tops da Gazeta