últimas notícias

Capital

Hospital de campanha construído no estádio do Pacaembu, zona oeste da Capital
Hospital de campanha construído no estádio do Pacaembu, zona oeste da Capital
Foto: Marcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress

Hospital de campanha no Pacaembu deve começar o atendimento nesta quarta

Estádio terá 200 leitos disponíveis para pacientes de baixa complexidade diagnosticados com o novo coronavírus

De acordo com previsão de técnicos da prefeitura, o hospital de campanha construído no estádio do Pacaembu, na zona oeste de São Paulo, deverá iniciar o atendimento nesta quarta-feira. Serão 200 leitos disponíveis para pacientes de baixa complexidade diagnosticados com o novo coronavírus.

A intenção da gestão Bruno Covas (PSDB ) é a de liberar os hospitais e UTIs municipais aos pacientes considerados graves. Outros 1.800 leitos estão sendo montados no Complexo do Anhembi, na zona norte da cidade.

Os espaços temporários não farão triagem de casos e só receberão pacientes encaminhados por hospitais ou unidades básicas de saúde (UBSs) da prefeitura.

A previsão é a de que os pacientes fiquem internados no local por 14 dias. O hospital de campanha do Complexo do Anhembi está previsto para ser inaugurado em 6 de abril.

As estruturas do Pacaembu e do Anhembi custaram R$ 35 milhões na montagem e terão o trabalho de aproximadamente 2.550 profissionais de saúde.

O Hospital Albert Einstein será responsável pela gestão e operação dos dois hospitais de campanha, e está contratando médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, auxiliares de farmácia, psicólogos, técnicos de raio-x, assistente de atendimento, cozinheiro, auxiliar de cozinha e camareiro. As inscrições estão abertas em einstein.br/carreiras.

Comentários

Tops da Gazeta