últimas notícias
Até o dia 17 de maio, o público-alvo será composto pelas pessoas com deficiência, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e no pós-parto até 45 dias
Até o dia 17 de maio, o público-alvo será composto pelas pessoas com deficiência, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e no pós-parto até 45 dias
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Prefeitura de SP autoriza vacinação contra gripe em motoboys

Para receber uma dose, o profissional deverá ir até um posto de vacinação e apresentar um comprovante de que exerce a função

A prefeitura de São Paulo incluiu os motoboys entre as categorias que podem receber gratuitamente a vacina contra a gripe. Para tomar uma dose, o profissional deverá ir até um posto de vacinação e apresentar um comprovante de que exerce a função – pode ser a carteira de trabalho, a carteirinha do sindicato, o cadastro em qualquer plataforma de transporte, ou a inscrição de microempreendedor.

"Para a nossa categoria, é uma grande vitória pela importância da vacina da gripe para os profissionais que estão trabalhando mais do que o dobro e expostos ao coronavírus, devido ao isolamento da população", destacou o presidente do SindimotoSP, Gilberto Almeida dos Santos.

A Secretaria municipal da Saúde recomenda que os profissionais motociclistas procurem a unidade básica de saúde (UBS) mais próxima de sua residência ou trabalho e levem também, se possível, a carteira de vacinação ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) – ambos não são obrigatórios, mas importantes para registro. A vacinação para os motoboys está liberada desde ontem (27).

Comentários

Tops da Gazeta