últimas notícias

Escolas de samba se preparam para Carnaval até julho

FORA DE ÉPOCA. Prefeitura decidiu adiar um dos maiores eventos do País devido à pandemia do novo coronavírus

Em 2021 um dos maiores eventos do País, o Carnaval de São Paulo, será comemorado fora de época. A prefeitura decidiu adiar a festividade devido à pandemia do novo coronavírus. Em um anúncio na
sexta-feira (24), o prefeito Bruno Covas reforçou que ainda não tem uma data definida para os desfiles das escolas de samba, mas que eles serão realizados entre o fim de maio e começo de julho. Neste ano, mais de 120 mil pessoas assistiram aos desfiles no Sambódromo do Anhembi e cerca de
R$ 227 milhões foram arrecadados com o evento.

"Estamos definindo tanto com os blocos quanto com as escolas a nova data que deve se dar a partir de maio do ano que vem. Estamos definindo ou final de maio, ou começo de julho", afirmou Covas durante a coletiva de imprensa.

Além de movimentar o comércio e o turismo, o Carnaval altera a rotina das comunidades das escolas de samba que se preparam o ano todo para apresentar o espetáculo. Na última semana, a Gazeta conversou com presidentes de agremiações sobre a expectativa para os desfiles. "Nós já começamos todo o trabalho, porém tudo feito de forma interna. Mobilizamos muitos empregos, e por isso precisamos ter um cronograma. Embora estejamos em um momento de pandemia é preciso discutir o Carnaval. Ele acontece lá na frente, mas os preparativos não mudam", diz Solange Cruz, presidente da Mocidade Alegre, escola do bairro do Limão, zona norte da Capital.

Para o presidente da Acadêmicos do Tatuapé, Eduardo dos Santos, o Carnaval de 2021 será totalmente atípico, mas não deixará de ser grandioso. "Seguramente será um Carnaval muito aguardado e desejado por todos. Caso não seja em maio será em julho, mas vai acontecer. Acho que será o melhor Carnaval dos últimos 100 anos", disse.

O presidente da Unidos de Vila Maria, Adilson José, também acredita em um grande espetáculo. "Teremos um Carnaval diferenciado, mas grandioso. O Carnaval é a nossa representação cultural, é arte pura".

Leia a entrevista com os presidentes no site da Gazeta.(Matheus Herbert)

Tops da Gazeta