últimas notícias
Início das obras no mercado; Gazeta fez uma série de reportagens sobre as dificuldades dos permissionários
Início das obras no mercado; Gazeta fez uma série de reportagens sobre as dificuldades dos permissionários
Foto: Leon Rodrigues/Secom

Empresa inicia reforma no Mercado de Santo Amaro

As obras de revitalização devem durar até 24 meses; nesse período, os locatários seguem atuando no estacionamento do prédio

A Prefeitura de São Paulo autorizou nesta terça-feira o Consórcio Fênix a iniciar as obras de revitalização do Mercado de Santo Amaro, na zona sul da Capital, que teve 70% de seu espaço destruído por um incêndio, em 2017. A gestão Bruno Covas (PSDB) concedeu o mercado em fevereiro do ano passado por uma outorga R$ 1,3 anual.

A Gazeta fez uma série de reportagens sobre as dificuldades dos permissionários após o incêndio. Os boxes foram alocados para o estacionamento, com estrutura muito abaixo da qualidade, causando desconforto e outras dificuldades aos trabalhadores.

O prefeito Bruno Covas acompanhou o início dos trabalhos nesta terça-feira e celebrou o modelo de concessão. “Nós tínhamos como os mais críticos do processo de concessão os permissionários, que hoje são aqueles que mais apoiam”, disse.

As obras de revitalização devem durar até 24 meses. Nesse período, os locatários seguem atuando no estacionamento do prédio.

Segundo a prefeitura, a edificação nova contará com cinco pavimentos, sendo dois deles destinados à estacionamentos, dois contíguos ao térreo e mezanino da edificação atual e com o mesmo uso de mercado e um pavimento cobertura para uso diverso.

Ao todo, ainda segundo a gestão municipal, serão 160 espaços com diversos tamanhos, restaurantes com varandas, espaços compartilhados para alimentação, espaço para crianças, além de um boulevard projetado para eventos.

Comentários

Tops da Gazeta