últimas notícias
Erika Hilton (PSOL)
Erika Hilton (PSOL)
Foto: Reprodução

São Paulo elege a primeira transexual negra como vereadora

Com 99% das urnas apuradas, Erika Hilton estava com 50.447 votos; candidata do PSOL é a vereadora mais votada de São Paulo

A cidade de São Paulo elegeu a primeira transexual negra para um lugar na Câmara Municipal. Com 99% das urnas apuradas, Erika Hilton (PSOL) estava com 50.447 votos e era a vereadora mais votada da Capital. Dos dez candidatos mais votados, Erika está em 6º lugar.

Em uma rede social, Erika comemorou a vitória dela. "Vencemos! Com 99% das urnas apuradas já é possível dizer: mulher preta e trans eleita a vereadora mais votada da cidade! Feminista, antirracista, LGBT e do PSOL. A primeira da história! Com mais de 50 mil votos. Obrigada", escreveu.

Durante a campanha, Erika lançou o documento “Gente é Para Brilhar”, reunindo nomes como Pabllo Vittar, Mel Lisboa, Zélia Duncan, Renata Sorrah, Liniker, Linn da Quebrada, Jean Wyllys, Laerte Coutinho, Silvio Almeida e mais 150 personalidades brasileiras em apoio a sua candidatura.

Thammy Miranda

Com 43.297 votos, Thammy Miranda (PL) é o segundo transexual entre os dez vereadores mais votados da capital paulista. 

"Quando eu decidi me candidatar eu sabia que o desafio era grande e o caminho para conquistar as pessoas que querem um representante na Câmara Municipal com garra e com coragem. Mas enfim esse dia chegou e eu só posso dizer que tudo valeu a pena. É meu dever retribuir tudo isso para vocês. Agora começa um novo tempo, um novo ciclo na minha vida e eu vou mostrar que eu sou gente que cuida de gente. Meu muito obrigada a vocês. Me perdoem a minha cara de choro, o meu cabelo descabelado. A gente estava comemorando muito aqui. Meu mandato vai ser participativo, colaborativo, esse é um mandato que você vai participar comigo. Eu amo todos vocês", escreveu. 

Em ordem, os dez vereadores mais votados são: Eduardo Suplicy (PT), Milton Leite (DEM), Delegado Palumbo (MDB), Felipe Becari (PSD), Fernando Holiday (Patriota), Erika Hilton (PSOL), Roberto Tripoli (PV), Silvia Da Bancada Feminista (PSOL), Thammy Miranda (PL) e André Santos (Republicanos).

Comentários

Tops da Gazeta