últimas notícias
 Polícia apreendeu, durante as investigações, 50 toneladas de cocaína
Polícia apreendeu, durante as investigações, 50 toneladas de cocaína
Foto: Divulgação/PF e Receita Federal

PF prende libanês em SP em operação contra o tráfico de drogas

O libanês naturalizado é suspeito de integrar uma organização criminosa que exporta droga do Brasil para a Europa, a partir de portos brasileiros

Uma operação da Polícia Federal contra o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro na manhã desta segunda-feira prendeu o traficante Assad Khalil Kiwan, libanês naturalizado brasileiro, na cidade de São Paulo. Ele era um dos principais alvos da ação, que visava cumprir 66 mandados de prisão e 149 de busca e apreensão em cidades de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco.

O libanês naturalizado é suspeito de integrar uma organização criminosa que exporta droga do Brasil para a Europa, a partir de portos brasileiros. A Polícia apreendeu, durante as investigações, 50 toneladas de cocaína.

Segundo a Polícia Federal, os dois portos mais usados pelos traficantes eram os de Santos, no litoral paulista, e de Paranaguá, no litoral do Paraná. As investigações duraram mais de dois anos.

Além da ação no Brasil, oito mandados estão sendo cumpridos na Espanha, Portugal, Colômbia e Emirados Árabes Unidos. Além disso, a Operação Enterprise, como foi batizada, determinou o bloqueio de R$ 400 milhões em bens dos investigados. 

Comentários

Tops da Gazeta