últimas notícias
Caso foi registrado no 33º DP, da Vila Mangalot
Caso foi registrado no 33º DP, da Vila Mangalot
Foto: Reprodução/Google Street View

Inspetor de viação de ônibus é espancado em Pirituba

Vítima foi agredida com tapas, socos e chutes por grupo, e só conseguiu sair da viação depois de 4 horas

Um inspetor de 50 anos foi espancado dentro de uma uma empresa de transportes em Pirituba, na zona norte de São Paulo, local onde trabalha há 30 anos, nesta sexta-feira (19). A companhia opera com linhas das zonas norte e oeste capital paulista.

De acordo com o a vítima, em boletim de ocorrência que o portal "R7" teve acesso, ele foi até a sala da chefia de fiscalização para pegar o seu material de trabalho, quando foi surpreendido pelos agressores. Oito homens, sendo sete funcionário e um sindicalista, entraram na sala e o ameaçaram.

Em seguida, segundo o boletim, a vítima foi agredida com tapas, socos e chutes pelo grupo. As agressões pararam quando o chefe levou o inspetor para uma outra sala e o trancou no local.

A vítima contou que as agressões ocorreram porque havia pedido a um cobrador que usava uma camiseta do sindicato que vestisse o uniforme da empresa, para evitar multas. O funcionário ficou incomodado com a postura e ameaçou o inspetor, dizendo que haveria retaliação.

Depois de quatro horas, o homem conseguiu sair da empresa, para evitar mais agressões. O caso será investigado no 33º DP (Vila Mangalot).

Comentários

Tops da Gazeta