últimas notícias
O outono começa neste próximo sábado (20) às 06h38 da manhã, horário de Brasília, sob influência do fenômeno La Niña, que deve enfraquecer no decorrer da estação.
O outono começa neste próximo sábado (20) às 06h38 da manhã, horário de Brasília, sob influência do fenômeno La Niña, que deve enfraquecer no decorrer da estação.
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Verão termina com chuvas ligeiramente abaixo do esperado

Choveu em torno de 90,1% da média durante a estação

Conforme dados parciais do Centro de Gerenciamento de Emergências climáticas (CGE) da Prefeitura de São Paulo, até às 13h do dia 19/03/2021, o verão 2020/2021, registrava 599,7mm de precipitação, sendo que o esperado para o período é 665,4mm, ou seja, choveu 90,1% da média esperada, faltando apenas 9,1%.

“A estação, que seguiu sob influência do fenômeno La Ninã, que esfria as águas do Pacífico Equatorial, termina dia 20/03/2021 às 06h38 da manhã, horário de Brasília, com a chegada do outono, teve chuvas regulares e temperaturas dentro da média esperada para os meses”, comenta Adilson Nazário, técnico em meteorologia do CGE da Prefeitura de São Paulo.

Segundo dados do CGE da Prefeitura de São Paulo, que compila informações pluviométricas na Capital paulista desde 1995, a sequência dos verões mais chuvosos, é:

1995/1996 - 922,4mm
1998/1999 - 876,1mm
2018/2019 - 894,3mm
2009/2010 - 854,0mm

Já os menos chuvosos, conforme dados do CGE da Prefeitura de São Paulo, são:

2017/2018 - 413,4mm
2007/2008 - 528,8mm
2000/2001 - 545,7mm
2013/2014 - 575,0mm
2020/2021 - 599,7mm

As temperaturas tiveram comportamento dentro da média:

Janeiro:
Média mínima histórica - 19,5°C - registrada no mês - 20,1°C - 0,6°C acima da média.
Média máxima histórica - 28,6°C - registrada no mês - 29,9°C - 1,3°C acima da média.

Fevereiro:
Média mínima histórica - 19,6°C - registrada no mês - 18,5°C - 1,1°C abaixo da média.
Média Máxima histórica - 29,4°C - registrada no mês - 28,3°C - 1,1°C abaixo da média.

Março:
Média mínima histórica - 19°C - registrada no mês - 19°C
Média máxima histórica - 28,2°C - registrada no mês, até às 13h do dia 19/03/2020 - 28,9°C - 0,7°C acima da média.

A máxima mais alta do ano registrada até o momento pelo CGE da Prefeitura de São Paulo, que compila informações de temperatura na capital paulista desde 2004, permanece a registrada em 30/01/2021 com 33,7°C de média na Cidade.

Já a maior máxima de todo o histórico do CGE da Prefeitura de São Paulo ocorreu em 02/10/2020 com 37,3°C de média. Enquanto a maior máxima absoluta desde 2004 até agora, permanece sendo a computada em 27/09/2004 na Freguesia do Ó, Zona Norte, com 40,4°C.

Previsão para o Outono

O outono começa neste próximo sábado (20) às 06h38 da manhã, horário de Brasília, sob influência do fenômeno La Niña, que deve enfraquecer no decorrer da estação. “Há uma grande probabilidade, em torno de 60%, para uma configuração de neutralidade climática até o fim da estação, ou seja, sem La Ninã que esfria águas do Pacífico equatorial e sem El Niño que esquenta as águas do Pacífico equatorial”, explica Nazário. “Com isso são esperadas chuvas e temperaturas dentro da média”, comenta o técnico em meteorologia do CGE da Prefeitura de São Paulo.

O outono se caracteriza pela redução gradual das chuvas e diminuição das temperaturas. “Marca também a transição entre o clima chuvoso e quente do verão e o período frio e seco do inverno. Entretanto, deve-se levar em consideração que essa transição não ocorre de forma imediata, e sim, gradativa”, comenta o técnico em meteorologia do CGE da Prefeitura de São Paulo, Adilson Nazário.

Durante a estação, a frequência de nevoeiros e eventuais geadas, principalmente com a aproximação do inverno, é maior. Nesse período, as madrugadas começam a ficar mais frias, enquanto no decorrer do dia o sol favorece a elevação das temperaturas, provocando grande amplitude térmica, ou seja, diferença das temperaturas máximas e mínimas registradas em um mesmo período.

Conforme dados do CGE da Prefeitura de São Paulo, a média de chuvas esperada para o outono, que compreende os meses de março a junho, é de 208,2mm. Com relação às temperaturas, são esperadas as seguintes médias:

Março:
Temperatura mínima média – 19,1°C
Temperatura máxima média - 28,3°C

Abril:
Temperatura mínima média – 17,5°C
Temperatura máxima média - 26,4°C

Maio:
Temperatura mínima média – 17,4°C
Temperatura máxima média - 23,4°C

Junho:
Temperatura mínima média – 13,3°C
Temperatura máxima média - 22,9°C

Comentários

Tops da Gazeta